PF prende deputado e faz buscas na casa do governador do MT

20-05mtADILSON ROSA, MidiaNews – Policiais federais prenderam, no início da manhã desta terça-feira (20), o deputado estadual José Geraldo Riva (PSD) e o ex-secretário de Estado de Fazenda, Eder Moraes, durante mais uma etapa da Operação Ararath.
Os agentes federais também cumprem mandados de busca e apreensão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que está fechada para o trabalho dos policiais.

A decisão é do Supremo Tribunal Federal (STF).

A Polícia Federal informou que a lista dos presos é “extensa” e as buscas e apreensões serão cumpridas também na residência do governador Silval Barbosa e do conselheiro Sérgio Ricardo, do Tribunal de Contas do Estado.

Segundo os agentes federais, os presos serão levados num avião da própria Polícia Federal para a sede da PF, em Brasília, onde serão interrogados.

Os agentes não informaram se as prisões são temporárias (por 30 dias) ou preventivas (tempo indeterminado).

Os agentes não confirmaram se os presos ficarão sob custódia no prédio da PF.

A Polícia Federal também faz busca e apreensão em um edifício comercial na Avenida do CPA.

O objetivo, segundo as informações, é recolher documentos de um escritório de factoring.

Silval e Mendes também são alvos de busca e apreensão

LUIZ ACOSTA, MidiaNews – O governador Silval Barbosa (PMDB) e o prefeito Mauro Mendes (PSB) também estão sendo alvos de busca e apreensão da Polícia Federal, por meio da Operação Ararath,

Agentes da PF continuam a realizar, neste momento, a busca e apreensão no apartamento do governador Silval Barbosa (PMDB).
O trabalho vem sendo acompanhado por assessores e advogados, Só após um levantamento mais detalhado será dado um posicionamento em forma de nota oficial, de acordo com o secretário de Comunicação do Estado, Marcos Lemos.

Lemos não soube informar se, de fato, ocorreu busca e apreensão também no gabinete do governador, no Palácio Paiaguás, conforme foi anunciado logo nas primeiras horas da manhã.

Prefeitura de Cuiabá

A prefeitura de Cuiabá também não escapou da busca e apreensão. Uma equipe da PF está trabalhando agora no gabinete do prefeito Mauro Mendes, recolhendo documentos e computadores.

O secretário Kleber Lima disse desconhecer os motivos da busca e apreensão, uma vez que o prefeito Mauro Mendes não tinha sido sequer mencionado em nenhuma das outras cinco edições da Operação Ararath.

Assim como a Secom do Estado, a do município também vai se manifestar por meio de Nota Oficial assim que a PF encerrar os trabalhos.

Fonte: Brasil 247

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.