Petista tira painel do DEM e causa confusão na Câmara

Amazonianarede – Brasil247

Brasília – O corredor da Câmara dos Deputados, cujas paredes têm uma exposição que comemora os 33 anos do PT, foi tomado por uma confusão na tarde desta quarta-feira. O protagonista foi o baiano Amauri Teixeira.

Parlamentares do DEM incluíram nos cartazes dos petistas um enorme painel sobre 2005, intitulado “O ano do mensalão”. Na placa, há manchetes de jornais e revistas sobre o esquema investigado pelo Supremo Tribunal Federal e imagens do ex-presidente Lula e de réus condenados no processo.

Mas a diversão dos democratas acabou tão logo o descerramento do tecido vermelho que cobria as imagens foi descerrado. Passando pelo corredor no exato momento, Amauri Teixeira resolveu carregar o painel e tirar da passagem que levava à festa do PT.

Ao 247, um petista afirmou que o partido tomará providências, pois na Casa “não é permitido simplesmente chegar e colocar um painel na parede, existe um processo para que se aprove a exposição”.

“Que coisa de moleque! Isso é falta de respeito!”, bradou o deputado Amauri, antes de tirar o painel da oposição do local. “Nós sempre respeitamos qualquer manifestação que tenha nesse corredor. Estou retirando da frente do painel do PT. Na frente, nós não aceitamos”, completou o baiano.

Contudo, segundo a Veja, em vez de apenas retirar o painel do corredor, o deputado e seu assessor esconderam o objeto na liderança do PT, em outro andar.

Publicação do Blog do Fernando Rodrigues, do UOL, diz que o celular da reportagem, que fazia imagens da confusão, foi “tomado” pela secretária da liderança do PT na Câmara Federal Cláudio Cajado, do DEM, também se desentendeu com o conterrâneo. “Eles roubaram até a placa do mensalão”, ironizou o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Quem colocou em exposição o painel do Democratas foi o líder do partido na Câmara, Ronaldo Caiado (GO), que publicou fotos do ato e a imagem do painel em seu perfil no Twitter.

“Fico satisfeito com o fato do PT levar o painel sobre o mensalão para a Liderança do PT. Agora podem refletir sobre o que fizeram em 2005”, escreveu. “2005 foi o ano que o PT quis esquecer, mas que o Brasil não admite empurrar para debaixo do tapete”, publicou Caiado, em seguida. Vídeo da confusão abaixo.

Briga DEM e PT

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.