Pato também aciona São Paulo na Justiça

Pato recebe, no total, R$ 400 mil de cada um dos clubes
Pato recebe, no total, R$ 400 mil de cada um dos clubes
Pato recebe, no total, R$ 400 mil de cada um dos clubes

Depois de acionar a justiça contra o Corinthians, Alexandre Pato também entrou com uma ação contra o atual clube. A confirmação foi feita por Leonardo Serafim, diretor jurídico do São Paulo, e contou que o Tricolor foi colocado como segundo reclamado. Porém, nesta sexta-feira, o clube quitou a dívida com o jogador.

“A parte da imagem que o São Paulo paga para a empresa que detém os direitos de Pato estava com parcelas de abril e maio em aberto. Ele entrou com a ação no dia 9, então ainda não eram 3 meses de atraso, já que o clube paga todo dia 10. Os valores foram quitados hoje pelo São Paulo, o que faz com que não tenha nenhuma dívida em relação a ele”, afirmou o membro da diretoria, em entrevista ao Esporte Notícia, da Rádio Bandeirantes.

A Lei Pelé determina que o jogador pode pedir rescisão do contrato com o clube caso fique mais de três meses sem receber. O direito, porém, abrange apenas a parte salarial e não se confunde com o direito de imagem. Serafim garantiu que a parte salarial que é responsabilidade do São Paulo está em dia. Além disso, quem recebe o direito de imagem é uma empresa para qual o jogador a cedeu, então os times não devem para Pato, mas para uma pessoa jurídica. Até o momento, o clube não foi notificado.

“Não fomos notificados de nada ainda, não tenho ciência da ação e nem do despacho oficial pela justiça. Adianto que ele pediu uma liminar para se desvincular do Corinthians por atraso superior a mais de 3 meses do direito de imagem”, contou. “A juíza deu um despacho para que o clube se manifeste em até 72 horas, mas ainda não fomos notificados”.

Caso Alexandre Pato tenha seu pedido contemplado e o contrato com o Corinthians seja rescindido, o vínculo com o São Paulo também é desfeito. Com o Tricolor, o jogador possui um contrato acessório, já que está emprestado para o clube. A diretoria pretende blindar a equipe caso isso aconteça.

“Vamos fazer a manifestação que a juíza pediu, vamos provar o pagamento e sustentar que o contrato deve ser mantido. Vamos pedir que a eventual inadimplência do Corinthians não possa prejudicar o São Paulo e que o vínculo (com o Tricolor) seja mantido”, explicou Serafim.

O São Paulo paga para o jogador R$ 300 mil em salário e R$ 100 mil em direito de imagem. No caso do Corinthians, a parcela referente ao direito de imagem é maior. O Timão acha pouco provável perder os direitos econômicos de Alexandre Pato. BAND

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.