Operário da Arena da Amazônia, se desequilibra, cai e morre

Amazonianarede – TV Amazonas

Manaus – O operário Raimundo Nonato Lima Costa, de 49 anos, morreu na noite de quinta-feira (28) nas obras da Arena da Amazônia, estádio de Manaus para a Copa do Mundo de 2014.

Segundo informações da polícia, o trabalhador teria se desequilibrado e caído de uma altura estimada de cinco metros após tentar passar de uma coluna para um andaime. A morte, segundo o Instituto Médico Legal, foi ocasionada por traumatismo craniano.

Equipes da empresa Andrade Gutierrez, responsável pela construção da arena localizada na Zona Centro-Oeste de Manaus, estiveram no local para buscar mais detalhes sobre o fato, assim como integrantes do Corpo de Bombeiros e da Perícia Criminalística da Polícia Civil.

Segundo o coordenador da Unidade Gestora da Copa do Mundo em Manaus (UGP-Copa), Miguel Capobiango, Raimundo trabalhava no setor de concretagem. “Não entendo o que possa ter havido, já que o grupo de trabalho da vítima costuma atuar sempre em conjunto. No momento do acidente, os colegas dele estariam no período do jantar e ele teria ido para realizar o remanejamento de uma bomba do motor”, disse.

Caso atípico

Capobiango garantiu que a morte nas obras da Arena da Amazônia é um caso atípico, pois, de acordo com ele, todas as condições de segurança são oferecidas aos operários. “Vamos esperar maiores informações da Perícia Criminalística para estudar futuras mudanças no mecanismo de trabalho dos operários”, afirma. Quanto à continuidade das obras, o coordenador da UGP-Copa informou que os trabalhos serão retomados somente na segunda-feira. “Pelo país ser bem católico, entendemos que deveríamos dar folga aos trabalhadores de sexta-feira até domingo”, disse.

Em nota, a construtora Andrade Gutierrez informou que já realiza os trabalhos de apoio à família do operário morto e que vai aguardar o resultado da Perícia Criminalista para apurar as causas do ocorrido.

Com previsão de entrega para dezembro deste ano, a Arena da Amazônia será o estádio de Manaus para a Copa do Mundo de 2014. Atualmente, as obras estão 56,8% concluídas, segundo dados da UGP-Copa.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.