Omar inaugura novo núcleo da UEA e assina convênio de R$ 2,1 milhões com Prefeitura de Pres. Figueiredo

Presidente Figueiredo, AM – O governador Omar Aziz inaugurou, nesta sexta-feira, 3 de maio, a nova sede do Núcleo Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

Na ocasião, o governador anunciou a construção de um Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) no município, além de investimentos em infraestrutura, e assinou convênio da ordem de R$ 2,1 milhões na área de piscicultura.

Durante a inauguração do núcleo da UEA, onde esteve acompanhado da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama Nejmi Aziz, e do vice-governador José Melo, além de secretários estaduais, o governador Omar Aziz afirmou que pretende ampliar a quantidade de cursos da instituição no município, além de implantar mais 14 núcleos da UEA em outros municípios do Estado.

“Quero dobrar a quantidade de cursos oferecidos aqui e aumentar significativamente o número de alunos. Também estamos licitando outros 14 núcleos iguais a esse, no interior, que pretendemos entregar até o final de 2014”, disse o governador durante a solenidade, que também contou com a presença do prefeito de Presidente Figueiredo, Neilson Cavalcante, deputados estaduais e federais.

O novo núcleo da UEA em Presidente Figueiredo recebeu investimentos de R$ 9.512.525,17. A instituição mantém atualmente no município a oferta dos cursos de graduação em Ciências Econômicas, Tecnologia em Produção Pesqueira, Tecnologia em Gestão Pública e Bacharelado em Saúde Coletiva, com cercade 180 estudantes matriculados regularmente. Desde que o núcleo foi instalado há seis anos, já foram formados 256 alunos. Com a nova sede, o Governo do Estado vai economizar, ao menos, R$ 60 mil com aluguel que era pago pelo prédio onde funcionavam os cursos.

Ainda na área da educação, o governador anunciou a construção de um Ceti em Presidente Figueiredo. Segundo ele, o terreno para a obra já foi doado pela a Prefeitura Municipal. A meta, de acordo com Omar Aziz, é construir, até 2014, um total de 27 escolas na modalidade, atendendo a capital e 23 municípios do interior do Amazonas.

Na área de infraestrutura, o governador também anunciou a reforma de ruas do município, para a melhoria da qualidade de vida dos moradores, e para incrementar o turismo na cidade, atraindo mais visitantes.

Convênio – Antes da solenidade de entrega da nova sede da UEA, o governador Omar Aziz assinou um convênio, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), com a Prefeitura da Presidente Figueiredo, no valor de R$ 2,1 milhões para a construção de 300 hectares de lâminas d’água, que serão utilizadas na piscicultura do município. Além do incentivo do Estado, a Prefeitura entrará com uma contrapartida de R$ 1,3 milhão para a implantação da estrutura.

“Está demonstrado claramente que Presidente Figueiredo tema capacidade de ser o município que mais produza peixe em cativeiro no Estado do Amazonas”, disse o governador Omar Aziz. Ele determinou que a estrutura esteja pronta para funcionamento em 60 dias. Com o convênio, cerca de 700 produtores devem ser beneficiados inicialmente. De acordo com o secretário da Sepror, Eron Bezerra, o objetivo é produzir duas mil toneladas de peixe por ano.

Com apoio técnico do projeto Residência Agrária, lançado pelo governador Omar Aziz e que prevê a contratação de profissionais para prestar assistência técnica aos produtores, serão construídas unidades de produção de viveiros escavados. Os pequenos produtores serão beneficiados com até um hectare de horas máquinas gratuitas, pagas pelo Governo Estadual e pela Prefeitura de Presidente Figueiredo, totalizando 30 mil horas gratuitas de máquina na escavação dos tanques.

Visita – No início da manhã desta terça-feira, o governador Omar Aziz visitou a Fábrica de Laticínio Amazon Nat, unidade considera modelo de produção sustentável, localizada na Fazenda São José, km 45 da estrada de Balbina. A fábrica está sendo implantada com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

A fábrica, que produz atualmente cinco mil litros de leite por dia, tem capacidade para produzir 16 mil litros. Para a isso, a Afeam pretende incentivar que pequenos produtores da região passem a produzir leite, que será utilizado pela fábrica para a produção de produtos laticínios, que serão comprados, inicialmente, pela Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), órgão do Governo do Amazonas.

O governador Omar Aziz afirmou que o município tem condições plenas de se tornar um grande produtor de leite no Estado. “Além do minério, da hidrelédrica, Presidente Figueiredo também tem condições de ser um grande produtor de leite e derivados do leite”.(Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.