Omar destaca estrutura de segurança no Carnaval

Manaus – A estrutura de segurança montada pelo Governo do Amazonas para os eventos de Carnaval no Estado, em especial para o desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial de Manaus, foi elogiada pelo governador do Amazonas, Omar Aziz, que prestigiou o desfile no Sambódromo na noite de 1º de março, acompanhado da presidente de Honra do Fundo de Promoção Social, primeira-dama Nejmi Jomaa Aziz, e dos filhos Omarzinho e Johara.

A Operação Carnaval, que é mais um teste para a Copa do Mundo FIFA 2014™, não registrou ocorrências graves no Sambódromo.

Omar Aziz chegou por volta das 20h20 ao Sambódromo e ainda pode acompanhar o desfile da Andanças de Ciganos, a primeira agremiação a entrar na passarela do samba. Ele, que já presidiu a escola Mocidade Independente de Aparecida, se declarou um apaixonado pelo samba, elogiou o desfile das escolas que assistiu e ressaltou o aparato de segurança montado pelo Governo do Estado para garantir um Carnaval seguro. “É um belíssimo espetáculo. E a gente torce é por isso: um espetáculo bonito em que o povo possa se divertir com tranquilidade e segurança. Então, como governador, a gente fica assistindo, mas muito preocupado para que tudo ocorra bem e que nada aconteça a ninguém”, disse. Ao ressaltar que o Desfile de Carnaval é um dos eventos-teste para a Copa do Mundo de 2014, que terá quatro jogos da primeira fase em Manaus, o governador afirmou que os órgãos de segurança do Estado montaram todo um aparato tecnológico no Sambódromo e entorno, através do Centro Integrado de Comando e Controle Local (CCI-L), que vem sendo desenvolvido especialmente para grandes eventos. O CCI-L monitorou todo o movimento no sambódromo e entorno através de dezenove câmeras e inovou com duas plataformas de observação elevada contendo oito câmeras cada.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Paulo Roberto Vital, o aparato montado para Carnaval tem os mesmos moldes do que já vem sendo realizado nos outros eventos-testes, como o Festival Folclórico de Parintins e Réveillon, de modo a aperfeiçoar, a cada evento, a estratégia de segurança a ser utilizada durante os jogos da Copa em Manaus. “Este aqui é mais um evento nos moldes daquilo que é preconizado pela FIFA. Você pode ver a triagem que está acontecendo ali com as orientações devidas a fim de que não haja tumulto e as pessoas que vierem aqui possam assistir ao desfile com toda a segurança, assim como ao retornarem para as suas residências, porque o perímetro externo está com policiamento para dar a segurança devida aos veículos estacionados e ao deslocamento desse pessoal”, observou Vital.

Além do monitoramento por câmeras, foram montadas barreiras de triagem, onde todos que tinham acesso ao sambódromo eram revistados para coibir, por exemplo, a entrada de armas e outros objetos proibidos em locais com grande circulação de pessoas. Segundo o secretário, a Operação Carnaval, que inclui ainda bandas e blocos, o Carnaboi, entre outros eventos durante todo o período momesco, envolve mais de 6 mil pessoas trabalhando na segurança em todo o Estado. O aparato engloba as forças policiais do Estado, como Polícia Militar e Civil, Bombeiros; Departamento Estadual de Trânsito (Detran); órgãos da prefeitura, como o Manaustrans e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Polícia Federal; Juizado da Infância e da Juventude; Conselho Tutelar; secretarias de Cultura (SEC), de Assistência Social (Seas), entre outras.

Operação Carnaval sem grandes ocorrências no Sambódromo

A Operação Carnaval que serve de evento teste para o Plano de Segurança Integrada que será aplicado durante a Copa do Mundo FIFA 2014™ não registrou grandes ocorrências no Sambódromo. Durante o desfile foram detidas 17 pessoas e três adolescentes foram apreendidos, todos por desordem. Nas revistas realizadas pela Polícia Militar na entrada do Sambódromo foram apreendidas 26 armas brancas.

Cerca de 60 mil pessoas estiveram no sambódromo na noite de sábado. Para garantir a segurança do público foi montada uma base do Centro Integrado de Comando e Controle no local (CICC-L), onde representantes do Sistema de Segurança Pública estavam concentrados para exercerem as atividades de comando e controle das ações integradas da operação, sob a coordenação da Secretaria Executiva Adjunta de Grandes Eventos (Seasge).

Pela primeira vez, no Carnaval, duas plataformas de observação elevada, contendo oito câmeras de monitoramento cada uma, foram incorporadas ao trabalho de monitoramento realizado pelas equipes do Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L), instalado no Sambódromo e também pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R), que funciona no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), no Aleixo, zona centro-sul de Manaus e que monitorou a cidade.

Conforme o secretário executivo adjunto para grandes eventos da SSP-AM, coronel Dan Câmara, o modelo estabelecido como padrão para os jogos da Copa em Manaus é eficiente. Todo o entorno e área interna do Sambódromo é monitorada por 19 câmeras. Para chegar ao local existem barreiras policiais e de trânsito que fazem a triagem de veículos credenciados e do público com detectores de metais e revista. Além disso, policiais, bombeiros e o juizado de menores acompanham o fluxo de pessoas dentro e fora da festa. “Graças a esse modelo e à organização da festa não foi detectada nenhuma ocorrência grave o que assegura que este padrão de segurança será aplicado durante os jogos da Copa em Manaus”, reafirmou Câmara.

Ao longo de toda a noite os carnavalescos puderam usufruir de uma diversão sadia e segura, afirmou o delegado da Polícia Civil do Amazonas, George Gomes. “A polícia se estruturou para permanecer no Centro Integrado de Comando e Controle para atuar quando necessário em qualquer tipo de ocorrência que pudesse vir acontecer no sambódromo. Mas felizmente não houve nenhum crime e todo o trabalho preventivo foi realizado com bastante sucesso”. Segundo ele, em toda a cidade foram registrados dois homicídios e um acidente de trânsito.

De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Almir David, a PM terá efetivo nas principais bandas que ocorrem na cidade durante o período carnavalesco. “A PM irá atuar neste domingo em 12 bandas, além do Bloco das Piranhas, onde haverá um policiamento reforçado devido a grande quantidade de frequentadores. A PM também vai atuar na apuração do Carnaval nesta segunda e temos policiais em prontidão para se deslocarem ao bairro da agremiação campeã, para a festa da vitória”, destaca.

População aprovou – A sensação de segurança estimulou a empolgação de muitos foliões que compareceram mesmo debaixo de chuva. O corretor de imóveis, Lauro Texeira, 61, levou toda família para assistir o desfile das escolas. “A segurança está de parabéns, tranquilidade total, já rodei todo o sambódromo e não vi nenhuma confusão, paz total”, disse o folião.

O comerciante, Nelson Osana, 42, também caiu na folia com a esposa e o filho. Para ele a segurança é um dos critérios avaliados antes de sair de casa para brincar o carnaval. “Aqui a segurança está por todo lado, policiais, câmeras, corpo de bombeiros, até o trânsito melhorou bastante”, avaliou Nelson.

As operações integradas de segurança para o carnaval, que iniciaram no último dia 27, seguem até a próxima quarta-feira (5).

Foto – Alex Pazuello / AGECOM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.