Omar Aziz defende criação de Comissão para unidades de conservação

O senador Omar Aziz defende no Senado a criação de Comissão para unidades de conservação

Brasilia – O senador Omar Aziz (PSD-AM) defendeu a criação de uma comissão de parlamentares do Amazonas, prefeitos, empresários, técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Casa Civil da Presidência da República para analisar documentos e visitar as unidades de conservação no Sul do Estado. A bancada do Amazonas defende a proposta que sejam reduzidas em 37%.

Em reunião realizada em Brasília, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, reiterou que está aberto ao diálogo sobre a proposta, mas observou que há pontos conflitantes a respeito dos dados oferecidos ao Ministério do Meio Ambiente pelo ICMBio e aqueles incluídos na proposta.

Para Omar, é importante um consenso sobre a proposta, que já foi apresentada à Casa Civil da Presidência da República. “As unidades de conservação estão prejudicando a expansão das atividades econômicas nos municípios de Apuí, Maués, Manicoré. E a sua criação criou uma gravíssima insegurança jurídica em todo o Sul do Estado”, disse o senador.

Pauderney

O deputado Pauderney Avelino (DEM-AM) apoiou a posição do senador, reforçando “a presença de terra roxa nessa região”, importante para a expansão da agricultura. “São áreas de boa aptidão para o plantio e já existem produtores rurais e projetos de manejo aprovados”.

A partir do trabalho da comissão nas próximas semanas, Sarney Filho acredita que será possível obter um quadro mais completo da situação nessa região.

“É fundamental dirimir as dúvidas sobre a existência ou não de assentamentos dentro dessas áreas e de outros tipos de atividades econômicas, inclusive a existência de um porto dentro de uma das UCs, argumentos apresentados pela bancada para propor a redução das áreas protegidas”, afirmou o ministro.

A proposta em discussão reduz as áreas da Reserva Biológica do Manicoré, do Parque Nacional do Acari, da Floresta Nacional do Aripuanã e da Floresta Nacional de Urupadi. Além disso, extingue a Área de Proteção Ambiental dos Campos de Manicoré.

Amazonianarede-Assessoria

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.