Nesta quarta, a Aleam faz audiência pública para debater a destinação do lixo do PIM

Audiência publica na Aleam, para discutir a destinação do lixo produzido pelo PIM
Audiência publica na Aleam, para discutir a destinação do lixo produzido pelo PIM

Amazonas – A Assembleia legislativa do Estado, realiza nesta quarta-feira,m audiência pública para debater propostas visando a criação de um polo de reciclagem para a destinação do lixo produzido pelo Polo Industrial de Manaus. A proposta para a realização da audiência foi do deputado José Ricardo (PT), por meio da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional Sustentável (Caama) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), presidida pelo deputado Luiz Castro (REDE). O debate acontece às 10h, no miniplenário Cônego Azevedo, térreo do Parlamento.

Para o parlamentar, o Distrito Industrial já deveria ter empresas que processassem o lixo para transformá-lo em outro produtos, gerando novas oportunidades de emprego e renda. “Dessa forma, reduziríamos o impacto ambiental, criaríamos novos negócios, com a capital do Amazonas se preocupando com o verde”.

Hoje, explicou o deputado, o lixo do Distrito vai parar no lixão comum ou, o que é pior, em lixeiras clandestinas, contrariando as determinações da Lei Nacional de Resíduos Sólidos. “Lixo é dinheiro. Só precisamos saber como transformá-lo em riquezas. E esperamos que nessa Audiência possamos encontrar alternativas para o destino sustentável desse lixo”, completou.

Foram convidados para participar desta Audiência Pública, dentre outros órgãos e entidades: Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam), Associação dos Fabricantes de Bens de Informática (Aficam), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Secretaria de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (Seplancti), Cáritas Arquidiocesana, Universidade Lutherana do Brasil (Ulbra), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA),Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam).

E mais entidades ligadas ao setor de reciclagem e empresas do PIM, como Dema — Indústria Comércio e Representação de Produtos de Limpeza, Rio Limpo — Indústria e Comércio de Resíduos Sólidos, Tumpex, Marquise, PCE da Amazônia, Coplast – Indústria e Comércio de Resíduo Plástico, Telha Leve – L.M. da Amazônia Ltda, Associação Central de Catadores de Materiais Recicláveis — Recicla Manaus, ACR — Associação de Catadores de Resíduos, Eco Recicla – Rede de Catadores e Reciclagem Solidária, Bemol e Fogás.

Amazonianarede-aleam

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.