Nasser questiona precariedade na energia elétrica

Manaus – A precariedade do serviço de fornecimento de energia elétrica na cidade de Manaus levou o vereador Paulo Nasser (PSC) a uma reflexão na manhã desta segunda-feira (05) na tribuna da Câmara Municipal, no horário do pequeno expediente, quando afirmou que o problema pode ficar pior com a chegada do linhão de Tucuruí,que ficará exposto as fortes tempestades que atingem a região e, consequentemente, sujeitos a panes no sistema e, nesse caso, todo o Estado será atingido.

Nasser fez essa afirmativa depois de lembrar a tempestade que atingiu Manaus na semana passada destelhando casas, derrubando árvores, postos e cabos de alta tensão, causando apagões em várias zonas da cidade, muita destruição e prejuízos. “Lamentavelmente a empresa Amazonas Energia, responsável pelo fornecimento de energia elétricas na cidade, não está preparada para fazer o atendimento rápido de recuperação do sistema e até hoje existem locais na cidade onde o serviço ainda não foi restabelecido e já tem muita gente comprando grupos geradores”, disse ele.

Para o vereador, um dos motivos para esses ventos atípicos em Manaus é a retirada de árvores centenárias que faziam essa proteção e, agora, abrem os corredores para a ventania. “Recentemente o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, esteve em Manaus e garantiu os recursos para o setor, mas parece que até agora nada foi feito. Isso é lamentável para uma cidade que se prepara para a Copa 2014”, lembrou.

Seguindo a mesma linha de pensamento, o vereador Mário Frota (PSDB) disse que a alternativa para evitar essas quedas de árvores sobre a fiação elétrica é colocar todos os cabos no subsolo. “Muitas cidades já adotaram esse sistema de fiação subterrânea e Manaus precisa também fazer isso”, ressaltou. Frota entende também que a falta de arborização favorece os corredores de vento na cidade. “O novo prefeito precisa tirar Manaus dessa condição de cidade careca no meio da floresta”, afirmou.

(Fonte: Manoel Marques)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.