Mutirão retira lixo do igarapé no Parque do Mindu

Amazonianarede – Semcom

Manaus – Em atendimento à solicitação feita pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) está realizando mais um mutirão de limpeza para a retirada do lixo no trecho do Igarapé do Mindu, que corta o Parque Municipal do Mindu. Lá, os resíduos jogados pela população ao longo do percurso do igarapé acabam represados pelas rochas e sinuosidade do curso d’água no local. Com a chegada do inverno e a intensificação das chuvas, a retirada dos resíduos se intensifica. O igarapé do Mindu corta a área do parque depois de passar por nove bairros. Da nascente, na Cidade de Deus, à foz, o igarapé tem, no total, 22 quilômetros de extensão. Ele percorre o Corredor Ecológico do Mindu – um trecho de 7 quilômetros do curso dágua que possui as margens preservadas – e volta a ter as margens ocupadas até desaguar no São Raimundo.

Duas equipes se revezam no trabalho de retirada do lixo no igarapé no parque. A limpeza teve início na sexta-feira (23) e é o quinto mutirão realizado apenas este ano. De acordo com a assistente técnica do Parque do Mindu, Ivânia Silva, o trabalho de remoção dos resíduos demanda um esforço concentrado da prefeitura. Na última ação de limpeza, foram retiradas 35 toneladas de resíduos. Ela explica que o problema decorre da falta de consciência da população, que joga os seus dejetos no Igarapé em função da cultura existente na cidade. No trecho, existe fauna abundante, uma quantidade grande de jacarés, tracajás, peixes como tamautá e tilápia, entre outros, apesar de toda poluição.

(FOTO: D’CASTRO / SEMULSP)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.