Mototaxistas: Arthur vai enviar projeto que regulamenta atividade à Câmara

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto anunciou, na noite desta quarta-feira, 05, que a Prefeitura vai enviar, até o fim da próxima semana, o projeto de regulamentação dos mototaxistas para a Câmara Municipal de Manaus (CMM). O anúncio foi feito após reunião com representantes da categoria na sede da Prefeitura, no bairro Compensa, zona Oeste.

“Nós vamos, no prazo mais curto possível, enviar o projeto para a Câmara Municipal. Já temos o anteprojeto feito pelo superintendente Pedro Carvalho e eles nos deram sugestões muito valiosas que poderão ser acrescentadas”, afirmou o prefeito, ressaltando que os vereadores poderão fazer alterações necessárias para a aprovação.

Arthur disse que a reunião foi sincera e que ele lamentou o protesto feito pela categoria. “Eles nos falaram da crise que o excesso de mototaxistas causa na vida das pessoas e na vida deles. Eu falei para eles até de uma certa tristeza que eu vi no método de pedir a audiência deles daquele jeito e do prazer que tenho em recebê-los”, disse. Durante toda a terça-feira e manhã desta quarta-feira, os mototaxistas fizeram manifestação em frente à Prefeitura reivindicando uma reunião com o prefeito.

O secretário Municipal de Governo, Humberto Michiles, informou que a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) entregou um anteprojeto que define a quantidade de profissionais, áreas de circulação, cilindrada das motocicletas e critérios para exercício da profissão de mototaxista.

O mototaxista Miguel Alves, representante da categoria, afirmou que os profissionais ficaram satisfeitos com a decisão. “Estamos muito esperançosos. Acreditamos que, de uma vez por todas, a questão dos mototaxistas poderá ser regulamentada e poderemos nos organizar. Só quem tem a ganhar é a população da cidade”, disse.

Texto: FABÍOLA PASCARELLI
Foto: MÁRIO OLIVEIRA 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.