Mistura de sotaques na confraternização dos novos servidores do INCRA no Amazonas

Manaus – Os novos servidores que ingressaram na Superintendência Regional do INCRA Amazonas, através de concurso público, fizeram uma cota e realizaram ontem realizar um churrasco, provocando ao mesmo tempo um encontrão saudável com os antigos servidores da instituição que costumeiramente frequentam o clube nos finais de semana. de confraternização na Associação dos Servidores do INCRA (Assincra).

Foi uma confraternização agradável, numa perfeita interação entre novos e antigos servidores, trocando idéias, falando do trabalho e das ações que estão e serão desenvolvidas pelo órgão, já com esses novos participantes.

Foi também um momento de mu8ita descontração, com um bom churrasco à moda gaucha e muitas geladas, com direito a banho de piscina e boa música, apresentada por vários DJs da própria turma.

Num país continental como o Brasil, a confraternização mostrou a grande miscigenação brasileira, considerando que entre os 37 novos servidores, o Brasil estava inteiramente representado, sendo a maior parte do nordeste, mas tem servidores oriundos do Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas, Amazonas, etc.

Foi também uma festa com vários sotaques, costumes e culturas diferentes com os “papos” carregadas no “R” ou com o é pronunciado como “Ê”, mas a conversa fluía naturalmente e no final, todos entendiam.

Apesar dos sotaques e costumes diferentes, duas coisas foram unanimidade nessa confraternização: O churrasco a moda gaúcha e a cerveja bem gelada, das mais diferentes marcas, mas ninguém reclamou.

A maioria dos novos servidores que estão chegando ao INCRA Amazonas é de agrônomos, mas também estão no meio, contadores, engenheiro civil e analistas administrativos.

Desafios

A maior parte dos servidores, não conhecia o Amazonas, a não ser através da Geografia e Literatura e todos demonstraram muita alegria e vir para o Amazonas e para a Amazônia, com a certeza de que encontrarão vários e sérios desafios pela frente, mas o fato, não esmorece ninguém.

A cidade está sendo bem vista pela turma, mas existe uma forte reclamação contra o calor da cidade, coisa que eles terão que se costumar e garantem que isso não será nenhum problema.

Deixaram claro os novos servidores, que a grande preocupação da turma é desenvolver um bom trabalho no INCRA e numa perfeita integração com os antigos servidores, atuarem de forma parceira no desenvolvimento das ações da instituição no Estado e na promoção de uma reforma agrária justa sustentável e cidadã.
(Ascom – Incra – AM)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.