Melo anuncia núcleo da UEA e obras em Apuí (AM)

(Amazonianarede – Agecom)

O Governo do Amazonas está investindo R$ 20 milhões em obras em Apuí (a 450 quilômetros de Manaus) e vai implantar um núcleo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) na cidade, conforme anunciou o vice-governador, José Melo, durante visita ao município no sábado (14).

Ele entregou quatro tratores e implementos agrícolas a produtores rurais e visitou a 26ª Exposição Agropecuária (Expoap).
Dentre os investimentos em obras de infraestrutura, R$ 14,5 milhões são para asfaltar 36 quilômetros de ruas. “Neste e no outro verão, vamos asfaltar 100% das ruas de Apuí. A usina de asfalto está montada e as máquinas estão nas ruas. Em breve, iniciamos aqui a construção de um núcleo da Universidade do Estado do Amazonas e de uma escola de tempo integral”, disse José Melo, após fiscalizar as obras, a pedido do governador Omar Aziz, ao lado da secretária estadual de Infraestrutura, Waldívia Alencar, na tarde de sábado.

Ainda no sábado à tarde, o vice-governador esteve no Parque de Exposições Agropecuárias José Maia, onde entregou a produtores rurais quatro tratores e implementos agrícolas, financiados via Fundo de Promoção Social (FPS), do Governo do Amazonas, e pelo Programa Mais Alimentos, do Governo Federal. À noite, José Melo participou da abertura do rodeio profissional da 26ªExpoap, que vai até o dia 15 de setembro.

Os equipamentos adquiridos via FPS, presidido pela primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, consistem em um trator agrícola equipado com tração 4×4 e 75HP de potência, carreta agrícola com capacidade para quatro toneladas, grade aradora, plaina frontal, plantadeira e um pulverizador. O repasse foi feito por meio de convênio firmado com a Associação de Piscicultura do Projeto de Assentamento do Rio Acari, beneficiando cerca de 250 famílias de produtores rurais da região.

Na ação, o Governo do Estado investiu R$ 210.527,00 para mecanizar a produção de uma área de 50 hectares, destinada ao cultivo de café, guaraná, cacau e banana. Outros três tratores, financiados via programa Mais Alimentos, do Governo Federal, foram entregues a três produtores individuais, com investimentos de R $ 390 milhões.

Segundo o governador Omar Aziz, a mecanização do sistema deprodução dos agricultores irá permitir aumento da área de cultivo para culturas temporárias e perenes e o consequente aumento da produção, além de agregar valor e qualidade ao produto, através do escoamento adequado da produção. Omar Aziz destaca que a mecanização da produção e a melhoria das condições de escoamento têm sido uma das principais metas do programa Amazonas Rural, que visa aumentar a produtividade no campo.

“Estamos estimulando a produção em municípios como Apuí, que tem tradição no setor primário e incentivando outros municípios para interiorizarmos o desenvolvimento”, afirma o governador, que cancelou a viagem que faria a Apuí, ao lado da presidente do FPS, a primeira-dama Nejmi Aziz, após problemas com seu voo.

Falando em nome do governador, José Melo garantiu aos produtores de Apuí que o Governo do Estado está trabalhando um plano para que o município seja altamente produtivo em proteína, incluindo a implantação de tanques escavados para a produção de peixe. Apuí já se destaca na pecuária de corte e leiteira.

Além da secretária da Seinfra e dos secretários de Saúde e Educação, Wilson Alecrim e Rossieli Silva, respectivamente, integraram a comitiva governamental em Apuí os dirigentes dos órgãos do sistema Sepror – Secretaria Estadual de Produção Rural. Estavam presentes o presidente do Instituto de Desenvolvimento Agroflorestal e Sustentável do Amazonas (Idam), Edmar Vizzoli, o presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Valdelino Cavalcante, a secretária estadual de Desenvolvimento Sustentável (SDS), Kamila Amaral; o presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Antonio AdemirStroski, e representantes da Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) e da Sepror. Os órgãos mantêm intensa atividade no município, considerado um dos celeiros agrícolas do Estado.

Através do Idam, o Governo do Estado autorizou recentemente a liberação de cerca de R$ 4,5 milhões em contratos diretos e convênios com a Prefeitura de Apuí para estimular a produção. Entre os investimentos está um convênio no valor de R$ 1.655.375,00, para aquisição de combustível e recuperação de ramais e vicinais, cuja primeira parcela de R$ 999.997,40 já foi liberada; além da contratação de 14 tanques para resfriamento de leite, no valor de R$ 222.600,00; aquisição de dois caminhões com investimentos de R$ 293.996,50 e a locação de máquinas e equipamentos para recuperação do trecho da rodovia AM-174, que liga Apuí a Novo Aripuanã, no valor de R$ 2.400.591,00. “Um dos maiores gargalos do setor primário tem sido o escoamento da produção, por isso, fizemos un convênio com a Prefeitura que já começou a trabalhar nas vicinais”, afirmou o vice-governador.

O Idam mantém equipe de 12 técnicos em Apuí, atuando na assistência técnica e extensão rural, para orientar os produtores em todo o processo da cadeia produtiva, incluindo o crédito rural e as ações de fomento. De 2012 até agora, foram financiados 250 projetos, no valor total de R$ 8.028.773,00, tendo como principais agentes financeiros a Afeam, Banco do Brasil e Banco da Amazônia. Somente a Afeam destinou cerca de R$ 2,5 milhões para financiamento do projeto “Gado Leiteiro” e para a Associação de Beneficiamento de Laticínios. Nesse período, também foram distribuídas sementes de milho, arroz, feijão e subsidiadas 320 mil doses de vacinas contra a febre aftosa.

No município também foi desenvolvido o Projeto de Reflorestamento em Áreas de Intensa Pressão no Sul do Estado do Amazonas, por meio da SDS e Fundo da Amazônia, no qual foram implantadas seis Unidades Demonstrativas.

A Susam está implantando um mamógrafo no município que vai funcionar através do sistema de Telemedicina, para prevenir o câncer de mama. O sistema começa a fase de testes nesta segunda-feira em Parintins. Também estão sendo enviadas a Apuí uma ambulancha e duas ambulâncias. De acordo com secretário da Susam, Wilsom Alecrim, a Ambulancha vai atender a comunidade Barra do São Manuel, onde vivem cerca de 70 famílias e o tempo para chegar a unidade de saúde mais próxima é de até cinco horas de Voadeira. Já as ambulâncias estão sendo destinadas para a sede do município e para a comunidade de Sutuduri, também distante.

De acordo com o prefeito de Apuí, Ademilson Nogueira, o município está recebendo o maior volume de investimentos de sua história. “É o primeiro governo que vejo levar políticas agrícolas fortes às comunidades. Isso nos ajuda a nos mantermos no campo. Estamos muito satisfeitos com a dinâmica de organização da Exposição, apoiada pelo Sistema Sepror e mais satisfeito ainda com os investimentos do Governo do Amazonas, que são inéditos”; declarou o prefeito.

Tradição na pecuária – Localizado no sul do Amazonas, Apuí destaca-se na pecuária leiteira. O município é o maior fornecedor de queijo mussarela do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), do Governo do Amazonas. Segundo a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), através do Preme, foram contratados em 2013, com a Associação dos Produtores de Leite de Apuí (Asproleip), R$ 1.072.500,00, referentes ao fornecimento de 65 toneladas de queijo para a merenda escolar.

O município, que tem 320 famílias de produtores beneficiadas pelo Preme, produz cerca de 13 mil litros de leite por dia. Apuí também é um dos 20 municípios fornecedores do Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove), programa estadual por meio do qual produtores regionais fornecem às escolas públicas carteiras escolares, mesas e móveis de escritório e refeitório, utilizando madeira manejada. Este ano foram fornecidas 6 mil unidades de móveis por meio do programa

Mais de 20 milhões em obras – Segundo a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), o Governo do Estado está investindo cerca de 20 milhões em obras no município de Apuí. Desses, R$ 14,5 milhões foram contratados para a recuperação da infraestrutura viária da sede e R$ 1,03 milhão foram para um convênio com a Prefeitura para a ampliação do sistema de abastecimento de água.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.