Manauara terá conta de água reajustada até 3,66% 2015

26-12aguaManaus – A Manaus Ambiental anunciou que o manauara deve pagar mais caro pela conta de água no início do próximo ano.

A Manaus Ambiental apresentou proposta de revisão na tarifa de 3,66%.

O aumento deve entrar em vigor a partir do dia 19 de janeiro de 2015, de acordo com a assessoria de imprensa da concessionária responsável pelo abastecimento de água na capital amazonense.

Conforme a empresa, os reajustes anuais são previstos no contrato de concessão, firmado com o poder concedente, no caso, a Prefeitura de Manaus, desde o ano de 2000. O contrato prevê aumento a cada 12 meses seguindo o índice inflacionário do período.

O pedido da Manaus Ambiental já foi auditado pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Amazonas (Arsam), que de acordo com o Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), definiu reajuste de 3,66%. A informação foi confirmada ao EM TEMPO pela assessoria de imprensa da Arsam.

Orçamento doméstico

O aumento na conta de água, apesar de ser anual, pegou várias pessoas de surpresa e que não contavam com mais um gasto no começo do ano. Para a diarista Maria José Gomes da Silva, 39, é um absurdo começar o ano pagando mais caro pela água que consume.

“Moramos no lugar onde há água em grande quantidade, o que deveria contribuir para que a população pagasse uma conta mais barata”, observou ela, que paga de R$ 178 a R$ 240 por mês.

Para a autônoma Rita de Castro Souza, 34, um novo acréscimo no valor da água impactará diretamente em seu orçamento doméstico. “Com mais esse aumento ficará complicado manter o pagamento em dia”, apontou.

No final do ano passado, os serviços de abastecimento e esgotamento sanitário prestados pela Manaus Ambiental tiveram reajuste de 5,60%, aprovado pela Procuradoria-Geral de Manaus (PGM) e acatado pela prefeitura. O aumento começou a vigorar em fevereiro de 2014.

Amazonianarede – EmTempo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.