Mais de 6,5 mil buracos já foram fechados pela prefeitura

14-01buracoManaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou, na noite desta terça-feira, 13, os trabalhos da operação tapa-buracos e de recapeamento no Novo Israel, zona Norte da cidade.

Cerca de três toneladas de asfalto já foram usadas nos trabalhos, resultando no fechamento de 6.518 buracos de 600 ruas, de 30 diferentes bairros da cidade.

O prefeito destacou que além de levar o asfalto, a prefeitura também está realizando os serviços de drenagem nas ruas, manutenção da iluminação, de capinação, recuperação de meio-fio e sarjetas. Tampas em bueiros também estão sendo recuperadas, entre outros serviços apontados pelos moradores.

“Estamos com uma semana de trabalho, que envolve vários trabalhos. A prefeitura tem recursos destinados para esses serviços, limitado, é claro, mas estamos fazendo render esse dinheiro e é por isso que estamos nos empenhando para fazer a manutenção das ruas mais necessitadas. Mas, nosso objetivo é atender todas as ruas da cidade”, afirmou o prefeito.

Durante visita ao Novo Israel, Arthur conversou com alguns moradores da Rua Izaías. No local, os comunitários informaram que há cerca de 20 anos não eram realizados serviços de drenagem nem asfaltamento no local.

“A nossa rua estava em situação precária. Eu moro aqui há 14 anos e sempre convivi com os buracos. Alguns conseguíamos fechar com concreto, mas não resolvia. Agora, a situação vai mudar”, comentou o motorista Rafael Santos, de 32 anos.

Na avaliação do motorista Francisco Eudes Tavares, 51, mais complicado do que conviver com os buracos era morar em meio à escuridão. De acordo com ele, há cerca de dois anos não havia iluminação pública na Rua Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o que gerava insegurança aos moradores.

“Viver na escuridão é dar facilidades à ‘bandidagem’, que se aproveitava para roubar os trabalhadores. Agora, esperamos que com a iluminação, esse problema diminua”, destacou Francisco.

De acordo com Arthur, a prefeitura está aproveitando os dias sem chuvas para realizar todos os trabalhos emergenciais. “Nós estamos de olho no tempo. A chuva ‘brincou’, a gente vai e trabalha, mas tem dias que ela nos vence, mas não vamos desistir. É uma boa luta e temos certeza vamos vencer”, brincou.

Foto: Mário Oliveira

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.