Mais de 2,4 mil profissionais do Direito e de outras áreas participaram de atividades da Esmam nos últimos seis meses

Esmam

Amazonas – A Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam), vinculada ao Tribunal de Justiça (TJAM), promoveu entre julho e dezembro de 2016, 21 eventos educacionais entre cursos, palestras, seminários, Tribuna Jurídica e ações do projeto Justiça Interativa, com a participação de 2.450 profissionais do Direito e de diversas áreas, totalizando 180 horas de capacitação, sendo 130 horas credenciadas pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (Enfam).

O coordenador de Cursos da Esmam, juiz de Direito Paulo Feitoza, destaca o compromisso que a atual gestão, sob a direção do desembargador Ari Moutinho, tem em promover com regularidade eventos acadêmicos, trazendo temas atuais e com a participação de renomados palestrates. “A Esmam tem uma equipe multidisciplinar comprometida com a educação, que segue os ditames da Enfam e que busca sempre por temas relevantes para aperfeiçoamento da magistratura amazonense”, disse o coordenador.

Paralelamente aos eventos educacionais, a instituição também desenvolveu ações sociais, como a arrecadação de leite em pó e brinquedos. Foram quase 150 quilos de leite distribuídos para três instituições: o abrigo O Coração do Pai, localizado no Japiim, zona Sul de Manaus; o Instituto de Assistência Social a Crianças e Adolescentes, localizado no bairro Santo Antônio, zona Oeste da capital; e o Espaço Pedras Vivas, da Igreja Presbiteriana, localizado na Chapada, zona Centro-Sul de Manaus.

O destino dos mais de 300 brinquedos arrecadados durante os cursos promovidos pela Escola da Magistratura foi o Projeto Semeando Gratidão, idealizado pela jornalista Fábia Lima e que atende crianças em Manaus de escolas localizadas em áreas de vulnerabilidade social com o apoio direto do espaço de desenvolvimento pessoal Casa da Carol.

A doação foi entregue em dois momentos: no mês de outubro, para a comemoração do Dia das Crianças, que aconteceu no Centro Educacional de Tempo Integral Professora Cinthia Régia Gomes Do Livramento, no bairro Nova Vitória; e em dezembro, no Natal Solidário, organizado para estudantes da Escola Municipal Professor Sebastião Augusto Loureiro Filho, na Colônia Terra Nova 2.

De acordo com Márcia Levi, secretária geral e executiva da Esmam, a ideia é fomentar a cidadania por meio de atitudes simples como a doação de alimentos e brinquedos. “Ao mesmo tempo em que a Escola Superior da Magistratura do Amazonas busca contribuir para o aperfeiçoamento dos magistrados, nós não esquecemos da questão social fazendo com que os nossos eventos, além de contribuírem com a melhor formação profissional, possam despertar a formação social e humanistica de todos aqueles que participam direta e indiretamente de nossas ações educacionais”, enfatizou Márcia Levi.

Amazonianaree-Ascom/Tjam

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.