Macapá: Tripulantes Filipinos morrem afogados em lastro de navio

O laudo preliminar da Polícia Técnico-científica (Politec), do Amapá, apontou como afogamento a causa da morte dos tripulantes filipinos Krisner Lopez Yu, 32 anos, e Jerryme T. Gundaya, de 42 anos, cujos corpos foram encontrados no porão do navio Adria, de bandeira russa, que está ancorado em frente à praia de Fazendinha desde a manhã de terça-feira, 4.

O cargueiro foi carregado com contêineres no porto de Itacoatiara (AM) e seguia para o porto de Suape (PE).

Os corpos foram necropsiados no Departamento Médico Legal (DML) e por volta de 3h da madrugada de ontem foram liberados pelos legistas. Os cadáveres seguiram para uma funerária que fez o embalsamento dos corpos. Segundo o dono da funerária, o translado dos cadáveres para a República das Filipinas só ocorrerá na semana que vem, em função da burocracia internacional.

A Superintendência da Polícia Federal no Amapá foi procurada, ontem, pela reportagem do Diário do Amapá, mas ninguém quis falar sobre o caso. Uma atendente disse apena que a PF estava trabalhando nas investigações, e que já havia comunicado a Interpol (International Criminal Police Organization) sobre as mortes dos tripulantes.

O comandante da embarcação – que não teve a identidade revelada – prestaria depoimento na sede da PF ainda no dia de ontem. O consulado das Filipinas já foi informado sobre o caso.

(Diario do Amapá) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.