Literatus realiza orientações sobre inteligência emocional no Dia Internacional da Mulher

Manaus – Saber ouvir, falar de maneira clara, evitar irritação ou outras situações desagradáveis, compreender e lidar com as próprias emoções são algumas habilidades essenciais para qualquer profissional, independente da área.

Estas características são o que os especialistas chamam de inteligência emocional. Esse conceito está sendo cada vez mais debatido no mundo corporativo e foi um dos temas abordados nesta sexta-feira (7), pelo Grupo Literatus durante uma ação educativa em homenagem ao Dia Internacional da Mulher na TPV, grupo que engloba a TPV Brasil e Envision, ambas empresas do segmento de eletroeletrônico.

Durante a ação, profissionais e acadêmicos da instituição orientaram mais de 700 colaboradoras do grupo sobre a importância da busca pela inteligência emocional e assim levar uma vida mais leve e equilibrada. Entre as dicas dadas por eles estava a prática de exercícios e autoconhecimento. O CEL também levou para a fábrica orientações sobre o direito e saúde da mulher, além de serviços como dosagem de glicemia, cálculo de Índice de Massa Corpórea (IMC), aferição de pressão arterial e atividades de relaxamento.

A coordenadora do Núcleo de Empregue habilidades do Grupo Literatus, Aldenize Nascimento, conta que as colaboradoras tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e aprender um pouco mais sobre os cuidados necessários com o corpo e a mente. “Essa é a primeira vez que participamos da ação e isso mostra o quanto as empresas estão preocupadas com a melhoria da qualidade de vida dos seus funcionários”, destacou.

A analista de Recursos Humanos da Envision, Tais Freitas, frisa que ação foi uma forma de motivar e reconhecer o trabalho desempenhado pelas colaboradoras do Grupo TPV, já que elas passam mais tempo no trabalho que em casa com a família. “Trouxemos o Literatus para essas atividades porque consideramos importante a participação de uma instituição de ensino para trazer o conhecimento atualizado sobre a realidade da mulher”, disse.

A iniciativa foi aprovada pelas colaboradoras Rosângela Reis, Beth da Silva e Luzinete Freitas, que afirmaram que o conhecimento adquirido através das palestras foi uma forma de despertar sobre a importância da prática de hábitos de vida mais saudáveis, que muitas vezes são deixadas de lado por causa da correria do dia a dia.

Por: Olívia de Almeida

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.