Josué Neto, ouve diretor-geral da Vivo sobre investimentos no Amazonas

Com uma demanda de tráfego de voz e dados muito acima da média nacional, a cidade de Manaus necessita de grandes investimentos das operadoras de telefonia móvel para atender essa demanda crescente.

Esse foi o assunto da reunião entre o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD) e o diretor-geral da Telefônica/Vivo, Paulo César Teixeira, na manhã desta quarta-feira (7) no gabinete da Presidência da Casa.

De acordo com Josué Neto, o diretor geral da operadora veio à Assembleia para uma reunião de informações sobre os investimentos que a Vivo tem para o Estado do Amazonas neste ano de 2013 e para o ano de 2014. A operadora vai trazer através do Linhão de Tucuruí uma fibra ótica para Manaus, aumentando a velocidade de dados e voz e instalar 100 antenas novas até abril de 2014, sendo que a nova tecnologia 4Gg já está prevista para o mês de setembro.

Para o presidente da Assembleia, a reunião foi proveitosa, principalmente pelas informações recebidas, uma vez que Manaus está passando por uma mudança de tecnologia nesse segmento, o que ocasiona alguns problemas. Mas segundo ele, as grandes cidades do mundo, como as europeias Londres, Paris e Barcelona já passaram por esses problemas, quando a telefonia móvel com partilhamento de dados se transformou em necessidade, e eles tiveram problemas como uma demanda que estava acima da capacidade técnica.

“Hoje Manaus passa por isso. Quando cresce cerca de 130% de demanda, o Estado todo cresce 150%, enquanto a média nacional é de 80%. Isso mostra o desenvolvimento que vive a nossa sociedade, com uma economia pujante onde as pessoas consomem mais devido a característica desenvolvimentista da capital amazonense”, disse Josué Neto.

O presidente também lembrou as características peculiares do Amazonas, como o fato de ser o maior do país em extensão territorial e o de mais difícil acesso entre os municípios, com o transporte muito complicado e qualquer empresa que precise instalar seus equipamentos no interior vai sentir essas dificuldades. “Além disso, temos dificuldades como a questão da energia, cujas quedas constantes prejudicam o sistema de telefonia”, disse.

Com as novas tecnologias de fibra ótica e 4G, o deputado Josué Neto acredita que haverá um novo tempo para a telefonia no Amazonas, haja vista os investimentos que já foram feitos principalmente na cobertura dos municípios do interior. O presidente disse esperar que tudo o que foi dito pelo diretor geral da Vivo “realmente aconteça, para que os amazonenses tenham um serviço de qualidade”.

“Há três ou quatro anos não se tinha no Amazonas a cobertura total dos municípios, e hoje não só a Vivo, que já tem cobertura nos 62 municípios, mas as outras telefônicas como a TIM e a OI cobrem 100% do território amazonense. Isso é muito bom, é claro que o serviço tem de melhorar, onde existem maiores dificuldades é na cidade de Manaus”, argumenta Josué Neto.

(Fonte: Diretoria de Comunicação)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.