Iranduba-AM perde e dá adeus ao brasileirão feminino

(Fonte: Globoesporte.com/am)

O jogo no estádio Roberto Simonsen (Sesi), Zona Leste de Manaus, era de vida ou morte para as pretensões do Iranduba-AM no Campeonato Brasileiro Feminino, e o Verdão acabou ‘morto’ dentro de casa.

Melhor para o competente Tiradentes-PI, que superou a pressão inicial das donas de casa e manteve os nervos no lugar mesmo com o 2 a 0 imposto pelas amazonenses no início da partida. No fim, as piauienses se recuperaram, dominaram o segundo tempo e venceram por 4 a 2.

Com o resultado, a equipe do Tiradentes conseguiu exatamente o que sonhava. Uma vitória por dois ou mais gols para assumir, provisoriamente, a liderança do grupo 4 – a líder Tuna Luso-PA folga na rodada. Pelo lado do Iranduba decepção, já que o sonho do plantel era chegar à segunda fase do Brasileiro. No fim das contas, o Verdão se despede do primeiro campeonato nacional para mulheres com quatro jogos – uma vitória e três derrotas. O foco agora se volta para o Estadual.

Precisando do resultado, o Iranduba começou a partida de forma ofensiva e abriu o placar nos primeiros minutos de jogos.

A atacante Erika recebeu passe de Hilary, driblou três marcadoras e finalizou para as redes. Mesmo à frente no placar, o Verdão continuou pressionando e criou boas oportunidades de ampliar. Joice, de cabeça, quase fez o segundo, mas a goleira do Tiradentes, Silvia, praticou a defesa.

Em contrapartida, o time piauiense tinha dificuldades para penetrar no miolo de zaga do Iranduba, que sempre recuperava a bola e acionava os contra-ataques – principalmente pelo meio-campo. Em uma dessas investidas, Erika ganhou na velocidade da marcação e aproveitou o rebote da arqueira para fazer 2 a 0.

Daí em diante, o cenário do jogo passou a mudar. O Tiradentes acertou a marcação, pressionou a saída de bola das amazonenses que, nervosas, passou a dar espaços. Não demorou para as visitantes descontarem. Após um cruzamento bem executado, Ceará se antecipou a marcação e, de primeira, fez o primeiro do Tiradentes.

Atordoado, o Iranduba não se reencontrava. No fim do primeiro tempo, Rayssa tabelou com Adrielli e finalizou com precisão para empatar a partida.

Tiradentes domina o 2º tempo

Enquanto o Iranduba se mostrava assustado e não conseguia criar, o Tiradentes crescia de produção. Com duas zagueiras anulando a atacante Erika, principal jogadora do time amazonense, coube a equipe do Piauí tocar a bola e explorar os espaços cada vez mais presentes no setor defensivo do Verdão.

Rayssa recebeu belo passe dentro da área, driblou a goleira Jéssica e virou o jogo para as visitantes. Não satisfeita, a camisa 11 do Tiradentes marcou seu terceiro gol na partida após – novamente – ficar cara a cara com a goleira do Iranduba.

– É muito difícil de explicar o que estamos sentindo. Só nós sabemos tudo o que passamos para chegar até aqui. Tem sido muito difícil e cansativo, pois estamos jogando uma competição em paralelo. Mas mostramos que podemos. Quando a gente quer conseguimos – declarou emocionada a atacante, que alcançou a marca de 10 gols no Brasileiro Feminino.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.