Hissa aborta candidatura ao Governo do Estado

(Amazonianarede – Redação – Jornal do Commercio)

O vice-prefeito de Manaus Hissa Abrahão,(PPS) resolveu abandonar a idéia de ser candidato ao Governo do Estado e com isso se manterá no cargo que ocupa ao lado do prefeito Arthur Neto, ajudando a administrar e a transformar Manaus.

Após declarar, por diversas vezes desde que assumiu os cargos de vice-prefeito de Manaus e secretário de Infraestrutura (Seminf), sua intenção de concorrer ao governo do Estado nas Eleições de 2014, Hissa Abrahão (PPS) mudou o discurso e não confirma sua pré-candidatura, até então dada como certa. A declaração foi dada durante visita ao Jornal do Commercio, nesta terça-feira (24).

Novo discurso

A nova postura vem depois da divulgação de uma pesquisa de intenção de votos realizada pela empresa Action Pesquisas de Mercados, onde Hissa aparece com 4,9% das intenções de voto para governador, na abordagem espontânea; e com 12,9% na estimulada –em terceiro lugar, menos de dois pontos percentuais abaixo da segunda colocada, a secretária de governo Rebecca Garcia.

Ao Jornal do Commercio, Hissa Abrahão minimizou o resultado da pesquisa e disse que depende do prefeito Arthur Neto (PSDB) a decisão sobre o futuro político da aliança entre os dois partidos. “A minha vontade política depende da vontade política do Arthur. Ele é quem vai decidir os rumos que a nossa aliança vai tomar. Em relação à pesquisa, se eu tivesse aparecido com 1% eu já estaria feliz porque é muita gente votando. Sou grato às pessoas que se lembraram de mim nas pesquisas de intenção de votos”, pontuou.

No mês de julho, em audiência na Câmara Municipal de Manaus, o vice-prefeito chegou a estipular o dia 31 de março de 2014 como data de sua desincompatibilização dos dois cargos que ocupa na administração municipal para concorrer ao governo.

Na época, ele atribuiu a decisão às pesquisas internas do PPS, que lhe dariam 30% das intenções de votos. “Em 31 de março, eu devo me desincompatibilizar e devo sair da secretaria. Aí sim, a gente vai trabalhar em cima de uma candidatura. Mas isso é para o ano que vem.

Vamos deixar esse assunto para o ano que vem”, disse Hissa, na ocasião.

Esta seria a segunda vez que o atual vice-prefeito tentaria se eleger governador do Estado. Em 2010, quando ainda ocupava uma cadeira na Câmara Municipal de Manaus, ele se lançou como candidato pelo PPS, quando ficou em terceiro lugar com 138.281 votos, ou 9,36% dos votos válidos.

Obras de verão

Falando na condição de secretário municipal de obras, Hissa Abrahão fez um balanço sobre as obras de verão que vêm sendo realizadas pela prefeitura em diversos pontos da cidade –com um orçamento total de R$ 350 milhões.

De acordo com o titular da Seminf, o verão deste ano não está tão positivo como ele esperava, o que tem atrasado o cronograma de obras. Além disso, ele declarou que a meta do executivo é recapear pelo menos 30 quilômetros de vias em 30 dias.

“Existe um efeito climático diferenciado este ano. Geralmente, costuma começar a chover em Manaus a partir do dia de finados, de 2 de novembro em diante. E agora, a partir de setembro as chuvas já começaram a cair, às vezes o dia amanhece nublado ou acontecem pancadas de chuvas fortes. Então isso tem atrapalhado. Mas o prefeito Arthur continua cobrando, trabalhando.

A determinação dada pelo prefeito é que a secretaria entregue no mínimo 30 quilômetros de vias pavimentadas no aniversário da cidade. Pela quantidade de problemas de pavimentação e buracos tivemos que fazer uma grande obra, o que é um volume considerável para consertar as ruas pela ausência de manutenção nos últimos anos”, avaliou.

A conclusão da reforma do Mercado Adolpho Lisboa, a segunda etapa da Ponta Negra, uma nova entrada da Ponta Negra, construída atrás do Condomínio Ilhas Gregas, a continuação do trabalho de tapas-buracos nos bairros, as plataformas do futuro BRS, as reformas do T3, T4 e T5 e as novas paradas de ônibus também são projetos prometidos para serem entregues até o final deste ano pela Seminf.

Pesquisa

Segundo pesquisa divulgada no último domingo (22) pela empresa Action Pesquisas de Mercados, ex-governador e senador Eduardo Braga (PMDB) aparece em primeiro lugar, com nomes estimulados para o público pesquisado, com 58,8% dos votos. Rebecca Garcia (PP) é a segunda, com 14,5% e Hissa Abrahão o terceiro, com 12,9%.

Para o Senado, o governador Omar Aziz (PSD) dispara em primeiro lugar, com 53,3% das intenções de voto, vindo em segundo o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, com 12,8%. Quando nenhum nome é apresentado ao eleitor, Eduardo Braga despenca para 27,9%, Omar Aziz, que não pode concorrer à reeleição, aparece na lista com 11,1%, o vice-prefeito de Manaus, Hissa Abrahão, tem 4,9% e Rebecca Garcia 4,4%. O grande campeão dessa abordagem é o eleitor indeciso, com 28,4% na capital e 50,8% no interior, média de 38,3% das intenções de voto.

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores entre 16 e 65 anos, na capital e interior do Amazonas, entre os dias 12 e 17 de setembro de 2013. A margem de erro é de 2,18% para mais ou menos com um nível de confiança de 95%.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.