Governo do Amazonas beneficia moradores do bairro Japiinlândia com cursos de inclusão digital

(Foto: Herick Pereira/Agecom)

Moradores carentes do bairro da Japiinlândia, zona sul de Manaus, estão conquistando espaço no mercado de trabalho e renovando os conhecimentos com as aulas de informática oferecidas pelo telecentro do Clube de Mães da Japiinlândia.

Com sete meses de funcionamento, o projeto é realizado em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e já beneficiou mais de 300 pessoas com os cursos de inclusão digital.

A associação passou a realizar as atividades em maio deste ano, quando recebeu as doações de computadores, condicionadores de ar e materiais permanentes por meio do Fundo de Promoção Social (FPS) do Governo do Amazonas.

Os benefícios foram entregues pela presidente do FPS e primeira-dama, Nejmi Aziz, e fazem parte do convênio entre a instituição social e o FPS, com investimento de R$ 40,9 mil.

Os resultados na vida dos beneficiados vão desde melhorias na autoestima a promoções na carreira. A autônoma Narcisa Iglesias, 53, disse que vem renovando seus conhecimentos na era digital. “Sempre tive vontade de fazer informática, mas não tinha condições de pagar e quando inauguraram esse curso, eu vim fazer. Hoje eu me sinto realizada ao vir para as aulas todos os dias porque é muito bom se qualificar e ficar por dentro das informações atuais”.

O aposentado Milton Ferreira, 62, aproveita o tempo livre para estudar no telecentro. Ele relata que as aulas funcionam como uma terapia em sua vida. “É sempre bom estudar e quando venho para o curso fico bem melhor por fazer algo importante para a minha vida. Isso aqui é uma terapia para mim”, disse.

Crescimento profissional – O aperfeiçoamento trouxe melhorias na renda do técnico de controle da qualidade, Ricardo Melo, 22, que ao finalizar o curso de informática avançada conseguiu uma promoção na empresa onde trabalha no Polo Industrial de Manaus (PIM).

“Surgiu uma oportunidade de ascensão de cargo dentro da empresa onde estou trabalhando, mas era necessário ter o curso de informática avançada para garantir. Foi quando eu soube que perto da minha casa estavam oferecendo o curso e resolvi fazer. Terminei há um mês e levei meu certificado e consegui avançar na empresa”, comentou.

Superação – O trabalho em sala de aula conta com o apoio dos professores do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), que são responsáveis de ajudar os alunos a superar as limitações. “Atendemos alunos de diversas idades e a maioria deles não possui computador em casa, mas eles se esforçam para superar as dificuldades. E essa vontade deles faz com que a gente os motivem a continuar se qualificando tanto na etapa básica quanto na avançada”, comentou o professor Carlos Cavalcante.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.