Governador Omar Aziz destaca parceria com Governo Federal em investimentos no Amazonas

(Foto: Alex Pazuello – Agecom)

As parcerias e investimentos do Governo Federal no Amazonas foram destacadas pelo governador Omar Aziz durante a abertura do Encontro Estadual de Prefeitos, nesta quinta-feira, 3 de outubro, no Centro Cultural Palácio Rio Negro.

O evento, que contou com a presença da ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, além de senadores pelo Amazonas, reuniu 59 prefeitos de municípios amazonenses.

Hoje, das 8h às 16h, prefeitos e secretários municipais terão à disposição representantes de 13 ministérios para atendimento individualizado, no Centro Cultural Palácio Rio Negro. “É importante que nós não percamos essa oportunidade de resolver as questões importantes e prioritárias dos municípios”, disse o governador, ao ressaltar que a presidenta Dilma Rousseff tem feito muito pelo Estado. Omar Aziz disse que o evento é importante para que questões como a falta de médicos no interior, de saneamento básico e de transporte sejam resolvidas.

Segundo a ministra, pelo menos 25 aeroportos serão construídos ou ampliados no Amazonas e a questão da aviação civil será regularizada, inclusive com subsídio para baratear o custo das passagens. Ideli disse que o Governo Federal tem vários projetos voltados para os municípios em fase de seleção à disposição dos prefeitos, como o Projeto Minha Casa Minha Vida, programas de pavimentação, de construção de creches, entre outros. “Temos recursos em andamentos e processos em seleção em que as inscrições estão abertas”, afirmou.

Parcerias – Antes do encontro, o governador levou a ministra e comitiva para ver as obras do aeroporto Internacional Eduardo Gomes, da avenida das Flores e do Residencial Viver Melhor. Ele afirmou que a parceria com o Governo Federal tem permitido ao Estado avançar na realização de grandes obras no Amazonas. “Essa parceria é importante e a presidenta Dilma tem demonstrado claramente que tem interesse em nos ajudar desde o primeiro momento. Nós temos bastantes obras em parceria, algumas com recursos federais e com uma contrapartida significativa, porque não dá para fazê-las sem desapropriação, muitas vezes equiparadas ao valor da obra”, destacou o governador.

Do aeroporto, a comitiva seguiu para a rodovia AM-010, onde um dos trechos da avenida das Flores está em fase adiantada. A nova via vai ligar a avenida das Torres, à rodovia, e, segundo o governador, será muito importante para desafogar o trânsito de Manaus. “Vias como estas é que vão resolver os grandes engarrafamentos de Manaus, melhorar a mobilidade e a qualidade do trânsito”, disse Omar Aziz.

A ministra se disse impressionada com o tamanho e o ritmo das obras no trecho visitado pela comitiva, onde mais de 150 máquinas e 500 operários estão em ação. A nova via está sendo construída com corredor exclusivo de ônibus. “Essa avenida já foi concebida dentro da lógica de que em grandes centros urbanos deve-se priorizar, obrigatoriamente, o transporte coletivo”, afirmou Ideli Salvatti.

Com o custo total de R$ 237,5 milhões, a avenida das Flores tem dois trechos em obras e um terceiro em licitação. Os investimentos da primeira etapa, cuja previsão de entrega é dezembro de 2014, é de R$ 153 milhões. Os recursos são do Governo Federal, com contrapartida estadual.

A comitiva também visitou o residencial Viver Melhor, no Bairro Santa Etelvina, onde a primeira etapa, com cerca de 3,5 mil apartamentos e casas já foi entregue e outras 5,8 mil estão prontas com previsão de entrega em dezembro.

Habitação – O conjunto faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e teve em suas duas etapas investimentos de R$ 503,8 milhões, dos quais R$ 82 milhões de contrapartida do Estado. Outros R$ 150 milhões estão sendo investidos pelo Governo do Estado em infraestrutura, incluindo vias de acesso, já concluídas, e um conjunto de aparelhos públicos como escolas e unidades de saúde. Estão sendo construídos, com recursos estaduais, um Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) no valor de R$ 11,171 milhões; uma escola padrão, com R$ 3,353 milhões e uma unidade básica de saúde, com R$ 1,528 milhão.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.