Futebol: Na madrugada brasileira, Seleção decide título sub-20 com a Sérvia

Embados, meninos do Brasil buscam mais um titulo mundial, na madrugada
Embados, meninos do Brasil buscam mais um titulo mundial, na madrugada
Embados, meninos do Brasil buscam mais um titulo mundial, na madrugada

Nova Zelândia – A Seleção Brasileira decide o título do Mundial Sub-20 nesta madrugada de sexta para sábado, às 2h (de Brasília), no Estádio North Harbour, em Auckland, na Nova Zelândia. Os canarinhos, que aplicaram uma goleada de 5 a 0 sobre Senegal nas semifinais, estão invictos. Já os sérvios foram um pouco mais irregulares, tanto que estrearam com derrota de 1 a 0 para o Uruguai. Porém, foram reagindo e nas semifinais bateram Mali por 2 a 1 na prorrogação.

Rogério Micale, técnico da Seleção Brasileira, trabalhou o aspecto psicológico dos jogadores, mostrando que eles não devem ficar animados com o bom resultado das semifinais, uma vez que não há tempo para comemorações.

“Nós deixamos a euforia para os torcedores. A Seleção Brasileira desde que começou a preparação para este Mundial sempre sonhou com o título. Portanto, não temos motivos para comemorarmos ainda, pois o objetivo principal não foi alcançado ainda. Estamos projetando o choque com a Sérvia, que vai ser muito complicado”, disse Micale, que tem procurado manter o grupo com o estado emocional muito equilibrado.

Na visão dos jogadores canarinhos, a dedicação em campo e o senso solidário da Seleção Brasileira podem fazer a diferença na grande decisão.

“Se olhar bem, não tem um jogador que seja o grande destaque. É todo mundo correndo por todo mundo, sem egoísmo, um fazendo a do outro quando precisa. Jogando com alegria, buscando sempre o gol, mas com responsabilidade, essa fórmula tem tudo para dar certo”, afirmou o meia Boschilia.

Pelo lado da Sérvia, o técnico Veljko Paunovic procurou jogar o favoritismo para o Brasil.

“Nós conseguimos um grande resultado em chegar a esta final contra o Brasil, que tem todo o favoritismo. Meus jogadores estão se dedicando para fazerem algo muito importante para a seleção, o país e para a carreira deles. Vamos com alegria em busca de um grande jogo”, disse Veljko.

Em termos de escalação, Micale tinha uma dúvida já resolvida. O zagueiro Marlon, que sofreu uma forte pancada na coxa direita contra Senegal, deixando o gramado com dores, se recuperou e tem escalação garantida, dando ao treinador a certeza de que poderá repetir a formação das semifinais. A Sérvia também não tem problemas e vai manter a base que superou Mali.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.