Francisco Cruz recebe Medalha Ruy Araújo pelos serviços prestados na Justiça amazonense

Francisco Cruz

Francisco Cruz

Amazonianarede – Aleam

Manaus – Os serviços prestados à Justiça do Amazonas, por mais de 30 anos, dos quais 27 somente no Ministério Público credenciaram o procurador-geral de Justiça do Amazonas, Francisco das Chagas Santiago Cruz, a ser condecorado com a Medalha “Ruy Araújo”, pela Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), por iniciativa do deputado estadual Sidney Leite (DEM).

A entrega da medalha ao homenageado foi feita pelo presidente do Poder Legislativo, deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) – que dirigiu a Sessão Especial; o governador em exercício, José Melo; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), Flávio Humberto Pascarelli e o deputado Sidney Leite.

Também participaram da homenagem o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Erico Desterro; o subdefensor geral do Estado, Ariosto Lopes Braga Neto; o superintendente adjunto da Suframa, Adilson de Oliveira; o diretor da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do Tribunal de Justiça, Claudio Cesar Roessing; o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira; deputados; além de amigos e familiares do homenageado Francisco Cruz.

Amazonense de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus) Francisco Cruz, em seu segundo mandato como procurador de Justiça do Amazonas, agradeceu a comenda afirmando que aumenta sua responsabilidade por entender que quando a ALEAM confere a alguém a mais alta condecoração, redobra o dever de continuar trabalhando a favor da sociedade amazonense.

“Recebo a medalha com humildade, como cidadão e servidor público que pretende continuar desenvolvendo o trabalho que venho exercendo no órgão que atuo para servir a sociedade sempre”, afirmou Cruz, ressaltando que foi promotor de Justiça em são Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) e em Manaus. “Hoje todos os municípios amazonenses estão dotados de promotores”, completou.

Francisco Cruz avalia que a Justiça do Amazonas tem melhorado, tem se modernizado, mas reconhece que é preciso avançar, haja vista os débitos históricos, em razão das demandas sociais que a Justiça não acompanhou na mesma sinergia. “Temos débitos ainda, principalmente com as pessoas mais simples, a questão da criança, do idoso”, enumerou, apontando a droga como o maior problema hoje no meio dos jovens.

Histórico do homenageado

Sidney Leite fez um breve histórico da vida de Francisco Cruz, que concluiu o ensino fundamental em Humaitá, veio para Manaus para estudar no Dom Bosco, onde fez o científico, mais tarde se formou em direito pela antiga Universidade do Amazonas (UA). É casado com a senhora Iramaia da Cruz, pai de Fabiana e João Victor.

Sidney Leite disse ainda que Cruz exerceu vários cargos dentro da procuradoria até ser nomeado pelo governador Omar Aziz (PSD) procurador-geral de Justiça do Estado. “Além de ser um dos respeitados operadores da Justiça deste Estado, é também reconhecido no meio cultural amazonense”, disse.

Homenagens

O presidente da ALEAM, Ricardo Nicolau, disse que uma das missões da Casa é reconhecer os cidadãos que se dedicam ao Amazonas, tão importante como fiscalizar e legislar. “Essa foi à forma de agradecer a um cidadão e servidor público que dedica sua vida, experiência e competência para servir ao povo”, disse, lembrando que Francisco Cruz tem o respeito e admiração de todos aqueles que o conhecem a sua historia de vida.

De acordo com o governador José Melo, Francisco Cruz é um brasileiro extremamente ilustre e um amazonense mais ilustre ainda que ao longo de sua vida pública tem se tornado um exemplar servidor que passou por todas as etapas da Procuradoria de Justiça e hoje esta ocupando o cargo maior.

“Ao longo de sua vida Cruz sempre pautou nos estritos termos da lei, colocando sempre em extremo o bom senso em tudo aquilo que ele faz na salvaguarda do direito de todos, portanto, nada mais justo do que homenageá-lo”, assinalou José Melo.

O deputado estadual Sinésio Campos (PT), que falou em nome dos deputados deste Poder Legislativo, disse que cada um colhe o que planta e é isso o que está acontecendo com Francisco Cruz. “O senhor é procurador pelos seus méritos e aguardou o momento oportuno”, disse.

A deputada estadual Conceição Sampaio (PP) também saudou o homenageado dizendo que o mesmo merece a comenda recebida.

(Fonte: Diretoria de Comunicação) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.