Fortes ondas obrigam fechamento de mais de 80 portos e inundam casas no Peru

As ondas chegaram até 6 metros de altura e assustaram muita gente
As ondas chegaram até 6 metros de altura e assustaram muita gente
As ondas chegaram até 6 metros de altura e assustaram muita gente

Lima – As ondas anormais anunciadas para este fim de semana pela Marinha de Guerra no litoral peruano motivaram o fechamento de mais de 80 portos e inundaram casas e estradas em Lima e o porto do Callao, informaram meios de comunicação locais.

A Marinha reportou que as fortes marés, que motivaram ondas de até 6 metros de altura, levaram ao fechamento de 82 portos, terminais e enseadas do país, entre os quais se encontra o porto limenho do Callao.

Segundo mostraram meios de comunicação locais, o antigo porto de Pacasmayo, no norte do país e construído no século XIX, foi afetado pelas ondas e perdeu cerca 60 metros de sua estrutura de madeira.

As autoridades marítimas também ordenaram restrições no porto de Callao, onde o mar invadiu uma praça e um grupo de casas rústicas localizadas perto do litoral.

O representante do governo regional do Callao Guillermo Acosta declarou ao jornal “La República” que foram mais de 10 as casas afetadas e ordenou patrulhas constantes de ambulâncias e maquinaria pesada na zona.

A direção de Hidrografia e Navegação da Marinha informou que as ondas eram de forte intensidade e acrescentou que em praias onde normalmente elas chegam a dois metros e meio, alcançaram os cinco ou seis.

As ondas chegaram a mais de três metros no litoral Verde de Lima, o que produziu que uma inundação uma zona da estrada, que durante a madrugada de hoje foi fechada para evitar qualquer acidente.

Perante isto, os pescadores artesanais que partem dos píeres do Callao e Chorrillos informaram que decidiram suspender suas tarefas até domingo, quando os prognósticos indicam que o fenômeno natural perderá força e a maioria dos portos será aberta.

A Marinha assinalou que as fortes ondas são decorrentes de tempestades na Antártida, o período de lua cheia e a chegada das ondas Kelvin, que gerou o aumento do nível do mar. EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.