Flamengo e Sport decidem III Copa Brasil de Beach Soccer

Manaus – Uma média de cinco mil pessoas acordaram mais cedo hoje neste sábado para assistir a semifinal da III Copa Brasil de Beach Soccer. Na disputa pelo título, Flamengo goleou o Sampaio Corrêa por 5 a 0, enquanto o Vasco perdeu para o Sport por 3 a 2, deixando de lado – mais uma vez – a tão esperada final do Clássico dos Milhões.

Com o resultado, a final é rubro negra, amanhã, 19, às 10h, na Arena do Centro Cultural Povos da Amazônia (Zona Sul). Vasco e Sampaio se enfrentam para ver quem vai ocupar o segundo e terceiro lugar.

“Quero convidar toda a população a prestigiar a final da Copa, que promete ser eletrizante. O evento, graças a Deus, está com um aparato muito grande de segurança e vai continuar assim. Aproveito para agradecer a todos que estão cooperando para a realização do torneio”, disse o titular da Semdej, Fabrício Lima.

FLAMENGO X SAMPAIO CORRÊA

Vindo de derrota para o Vasco da Gama no clássico da última sexta-feira, dia 17. Apostando na experiência de jogadores consagrados já no Beach Soccer como Daniel Zidane, Juninho Alagoano, Anderson, Bruno Malias e André, o time carioca se lançou ao ataque em busca da vitória e da vaga na decisão. O ‘Bonde Sem Freio Carioca”’ diminuiu bem os espaços de Datinha e Eudim, principais articuladores de jogadas do time maranhanse, e Daniel Zidane acertou a trave. Os times jogavam bem e Eudim quase abriu o placar para o Sampaio.

O jogo bem disputado com chances pros dois lados e chutes de longa distancia, com uma pequena superioridade na posse de bola do time do Maranhão. Primeiro período acabou empatado sem gols. Na segunda etapa o time carioca entrou mais ligado e logo no começo após completar numa linda bicicleta de Bruno Malias. Sem entrar e desespero o Sampaio Correa chegou a colocar uma bola na trave e desperdiçar um pênalti com Datinha, que chutou para fora. Mas foi só isso, a equipe rubro negra impôs um ritmo de jogo muito forte e ampliou com Anderson no final do primeiro período que terminou 2 a 0. O terceiro período começou com o time Maranhense indo pra cima em busca do empate, apostando nos contra ataques o Flamengo ia se soltando. Eudim teve a chance do empate mas a trave salvou os cariocas. Após uma bela jogada do Fla Bruno Malias tocou pra Anderson que encontrou Case sozinho pra finalizar, 3 a 0.

Com belas jogadas o rubro negro carioca ia fazendo a festa da torcida rubro negra que estava na arena dos povos da Amazonia, e Juninho Alagoano. No fim da partida, o o artilheiro da competição André finalizou bem para dar números finais e colocar o time carioca na decisão: 5 a 0, para delírio dos torcedores que fizeram a festa nas arquibancadas.

VASCO X SPORT

O Sport não tomou conhecimento do Vasco e eliminou o atual campeão da Copa Brasil de Beach Soccer da competição. Gleidson duas vezes, e Carlos André marcaram os gols que garantiram o Leão pernambucano na final do campeonato. Bruno Xavier anotou duas vezes para os cariocas.

Descansado por não ter entrado em quadra na sexta, o Sport começou o jogo à toda velocidade. Com dois minutos de jogo, o camisa 9 Gleidson aproveitou o cochilo da zaga vascaína e estufou as redes de Cesinha. Três minutos depois, Gleidson ampliou a vantagem do Sport, deixando a torcida vascaína apreensiva. O Vasco lutou para diminuir a desvantagem, mas não conseguiu ser efetivo até o fim do período.

No segundo período, o Vasco voltou disposto a mostrar porque é chamado de “Time da virada”. Bruno Xavier soltou um foguete de falta e a bola passou embaixo das pernas do goleiro Erick, diminuindo a vantagem pernambucana. O cruzmaltino seguiu pressionando e chegou ao empate no final do período novamente com Bruno Xavier, que ganhou na raça da defesa do Sport e bateu colocado, sem chances para Erick.

No terceiro período, o Vasco continuou a pressão no Sport, mas não conseguia marcar o terceiro. Foi aí que a dois minutos do fim, o camisa 6 do Sport, Carlos André, cobrou falta de longe e a bola morreu no fundo das redes de Cesinha. Mauricinho quase empatou à 30 segundos do fim, mas Erick tirou no reflexo Festa da torcida Rubro-Negra (não a do Sport, mas sim a do Flamengo que permaneceu até o fim “secando” o rival). “Nós sempre confiamos na equipe e lutamos muito hoje. Tirar um time grande como o Vasco da disputa dá um ânimos grande. Amanhã, vamos enfrentar outro time de massa, o Flamengo, com a mesma disposição”, prometeu o matador Gleidson.

TABELA E JOGO

DOMINGO / 19.05 – DISPUTA DE 3º LUGAR
JOGO 15 Vasco x Sampaio Corrêa 08H30

DOMINGO / 19.05 – FINAL
JOGO 16 Flamengo x Sport 10H

FOTO: ANTONIO LIMA/ SEMDEJ

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.