Fiscalização do ICMBio, apreende animais silvestres e prende pessoas envolvidas em crimes ambientais em Tapauá

A operação foi considerada " um sucesso".
A operação foi considerada " um sucesso".
A operação foi considerada ” um sucesso”.

Tapauá, AM – O ICMBio realizou uma operação no município de Tapauá e fez a apreensão de animais e prisões de pessoas envolvidas com crimes ambientais. Na operação foram apreendidos 13 quelônios e 167 kg de pirarucu de origem clandestina foram apreendidos, de 1º a 20 de setembro, durante a operação Quelônio IV.

A ação de fiscalização ocorreu na área da reserva Abufari, situada no Rio Purus, no município de Tapauá, a 448 km de Manaus. Além das apreensões, dez pessoas envolvidas no tráfico de animais foram autuadas.

A operação foi realizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e pela Polícia Militar. Durante os 20 dias da ação, PMs e analistas ambientais percorreram praias, rios e lagos da reserva para impedir a ação de traficantes.

Além dos quelônios e dos pirarucus, foram apreendidos ainda 138 kg de tambaqui, 24 kg de aruana, além de materiais para a captura dos animais, como 38 malhadeiras, duas canoas, três motores de rabeta e um arpão.

Os materiais apreendidos ficaram sob responsabilidade do ICMBio. Conforme o comandante da 4ª Companhia Interativa da Polícia Militar de Lábrea, tenente Laurênio, a repressão a crimes contra a fauna será intensificado na área.

Apreensão de bodós
Outra apreensão de animais silvestres ocorreu nesta segunda-feira (21), na cidade de São Paulo de Olivença, distante 1.235 km de Manaus. A Polícia Militar apreendeu arraias e bodós que seriam levados do município para serem vendidos na Colômbia.

Um total de 35 arraias e 11 bodós foram apreendidos ainda na pista do aeroporto clandestino da cidade. Segundo a PM, os peixes vieram do Pará em uma aeronave de pequeno porte. O avião deixou a carga na pista e decolou em seguida.

A polícia informou ainda que, desde 2013, contrabandistas têm usado o aeroporto de São Paulo de Olivença para o tráfico de animais na região do Alto Solimões. Nenhum suspeito do crime foi preso.

Amazonianarede-Assessoria

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.