Estudantes da rede pública estadual conquistam 56% das vagas oferecidas pelo PSC da Ufam

Amazonianarede – Agecom

Manaus – A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) divulgou nos últimos dias o resultado de seu Processo Seletivo Contínuo (PSC) e, conforme o registro, das 2.716 vagas oferecidas, 1.544 foram conquistadas por estudantes da rede pública estadual do Amazonas, o que representa 56,6% da oferta disponibilizada pela instituição em 2013.

Com a maioria das vagas conquistadas, o retrospecto sinaliza o bom empenho de jovens da rede pública de ensino, como Fábio Souza, que concluiu os estudos, em 2012, na escola estadual Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro, localizada no bairro de São Lázaro (zona sul de Manaus). Aprovado em quinto lugar no curso de Economia da Ufam, Fábio comemora a conquista e atribui a vitória ao seu empenho individual e também à base educacional obtida por ele na escola onde estudou o ensino médio. “Estou muito feliz em poder ingressar no ensino superior em uma universidade pública e atribuo parte desta conquista pessoal ao apoio que tive na escola. O auxílio que tive da equipe escolar e o compromisso dos professores para com o ensino foram determinantes e contribuíram inclusive com a escolha da minha futura profissão”, disse.

A história de Fábio e a trajetória de sua família também apontam para os bons resultados do ensino público. Além dele próprio, seus dois irmãos, Mauro Souza (22) e Douglas Souza (19), que também estudaram na escola estadual Brigadeiro João Camarão, foram aprovados nas edições anteriores do PSC da Ufam. Atualmente Mauro está cursando Engenharia (Ufam) e Licenciatura em Informática (UEA) e Douglas cursa Engenharia (Ufam). Os três irmãos concordam que a instituição de ensino foi uma escala preparatória para essas conquistas. “A escola fez diferença em nossas vidas por conta do acompanhamento dos professores, da estrutura e do curso pré-vestibular oferecido pela instituição”, disse Mauro Souza.

Para que pudessem ter um estudo de qualidade e boas notas, os pais de Fábio, dona Juliete Souza (45) e seu Francisco Souza (44) sempre ofereceram o apoio necessário aos estudos de Fábio e dos demais filhos, ensinaram-lhes a ler e constantemente acompanhavam o desempenho deles na escola. O casal também criou há 17 anos um projeto de futebol no bairro São Lázaro, denominado “Amigos da Paz”, no qual participam apenas as crianças que estão matriculadas em uma escola e possuam boas notas.

Voluntária da instituição de ensino, dona Juliete participava ativamente das reuniões de pais e mestres, atendia a todos os chamados para ser informada da vida escolar de seus filhos e apresentava na reunião de pais e mestres sugestões para melhoria do ensino. De acordo com ela, a instituição foi a segunda casa para seus filhos. “Na escola, além de estudarem, eles brincavam, aprendiam valores morais e por meio deles fiz grandes amizades. Além disso, trouxe mais uma conquista para um dos meus filhos”, disse dona Juliete.

Para o gestor da escola Brigadeiro João Camarão, Marcos Alvim, as conquistas alcançadas pelos jovens têm sido favorecidas pelos projetos educacionais e visão inovadora da escola. “Queremos formar cidadãos que sejam engajados e que estejam preparados para atuarem no mercado de trabalho, por isso temos projetos e o curso pré-vestibular realizado pelos professores da escola”, informou o gestor.

PSC – Juntamente com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) o Processo Seletivo Contínuo (PSC) é um dos mecanismos de ingresso na Universidade Federal do Amazonas. Neste ano, por meio do PSC a Ufam ofereceu 2.716 vagas, das quais 1.544 (56,56%) foram conquistadas por alunos da rede pública estadual do Amazonas.

Segundo a Ufam, das 2.716 vagas oferecidas para o ingresso em 2013, 1.891 foram ofertadas para cursos oferecidos em Manaus e 825 para os cursos do interior do Amazonas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.