Escola no Viver Melhor estão 80% concluídas, diz vice-governador José Melo

A escola padrão que está sendo construída pelo Governo do Amazonas no residencial Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, está com 80% das obras concluídas. A informação é do vice-governador, José Melo, que vistoriou a estrutura na manhã desta quinta-feira, 8 de agosto.

Na ocasião, o vice governador visitou, ainda, as obras do Centro de Educação de Tempo Integra (Ceti), que também vai atender as famílias do bairro e do residencial Viver Melhor, cuja primeira etapa foi entregue pelo Governo do Estado em dezembro de 2012.

Com as obras em estágio avançado, a escola padrão terá doze salas de aula, além de laboratório de informática, biblioteca, refeitório e salas de professores. A obra, de responsabilidade da empresa NCA Construtora Ltda, está orçada em R$ 3,4 milhões. A previsão de entrega é de até 90 dias. Um terreno ao lado do prédio já foi destinado para a construção de uma quadra coberta.

Nas obras do Ceti, as máquinas trabalham na terraplenagem do lugar. O investimento na unidade é da ordem de R$ 11 milhões. O Ceti, que atenderá alunos dos ensinos médio e fundamental, terá a estrutura desse tipo de unidade, com salas de aulas climatizadas, piscina semi-olímpica, auditório, quadra poliesportiva coberta, laboratórios de ciências e informática, biblioteca, sala de música, sala para atividades de dança, refeitório, cozinha, gabinete odontológico e salas administrativas.

Os alunos matriculados na unidade escolar, além das aulas regulares, pela parte da manhã, têm acesso a diversas atividades, esportivas, educacionais e culturais no período da tarde, além de receber alimentação e passando o dia todo na unidade escolar.

De acordo com o vice-governador, serão construídas em todo o Estado, 53 escolas. Serão dois novos Cetis em Manaus, outros 23 unidades no interior, além de 28 escolas padrão. Ele destacou a importância desse tipo de obra para o futuro da educação no Amazonas. “A grande verdade é que a educação, que é a prioridade da prioridade do nosso governo, precisa ter esse tratamento diferenciado”.

O vice-governador ressaltou que, com as escolas de tempo integral, os alunos recebem uma educação mais completa, uma vez que, além das matérias convencionais, eles têm acesso ao estudo musical, artístico, além da prática esportiva. “Com a escola de tempo integral, o Amazonas dá uma educação que cuida do conhecimento, do corpo, e que cuida também da usina de produção artística que cada um tem e que só com oportunidade pode exteriorizar”, declarou.

(Foto: Chico Batata)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.