Em Manaus, movimento celebra aceitação do pedido de impeachment contra Dilma

O movimento pretende fazer nova mobilização na sexta-feira (4), no mesmo local e horário
O movimento pretende fazer nova mobilização na sexta-feira (4), no mesmo local e horário
O movimento pretende fazer nova mobilização na sexta-feira (4), no mesmo local e horário

MANAUS – Com gritos de ‘Fora Dilma’, um grupo formado por aproximadamente 20 pessoas celebrou, na noite desta quarta-feira (2), a aceitação de um dos pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff anunciado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. A manifestação aconteceu no cruzamento das Avenidas Djalma Batista com a Pará, na zona centro-sul de Manaus.

Os movimentos ‘Amazonas em Ação’, ‘Brasil Livre’ e ‘Aliança Nacional dos Movimentos Democratas do Brasil’, além de representantes do PSDB no Amazonas, participaram da manifestação. O grupo contou com o apoio de motoristas que passavam pelo local e estavam no posto de gasolina na pista. No início da manifestação, rojões chegaram a ser utilizados para comemorar o andamento do processo de impeachment.

Representante do movimento ‘Amazonas em Ação’, o produtor de eventos, Júnior Oliveira, de 25 anos, defende o impeachment de Dilma devidos aos casos das pedaladas fiscais, a corrupção na Petrobras, a inflação e o desemprego. “Essa é uma resposta ao clamor popular das manifestações de ruas”, disse.

FORA-DILMA-MANAUS-2Quanto à situação de Eduardo Cunha, ameaçado de perder o mandato de deputado federal por ter mantido contas secretas na Suíça, o produtor de eventos declarou que, caso as denúncias contra o presidente da Câmara sejam comprovadas, ele deve perder o cargo. “Sabemos que ele vai cair, pelo menos, ele vai cair atirando”, disse Oliveira.

Também integrante do ‘Amazonas em Ação’, a auxiliar administrativa Isa dos Santos, 40, acredita que a saída de Dilma será capaz de amenizar a corrupção no Brasil, apesar de não resolver, segundo ela, o problema totalmente. “O PT é um câncer. Para onde se vira no país, só vemos roubalheira. Isso é culpa da presidente”, disse.

Perguntada sobre quem gostaria de ver à frente da Presidência da República, a auxiliar administrativa respondeu Aécio Neves. “Gostaria de vê-lo no comando do país pelas propostas coerente. Mas, caso a Dilma saia, o jeito é o Michel Temer mesmo. Vamos ver como ele vai se comportar”, disse. D24AM

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.