Eder Luis participou do rachão desta 2ª-feira; cerca de mil torcedores acompanharam atividade

No único treino realizado em Manaus, os jogadores do Vasco tiveram noção do clima que vão enfrentar na partida de ida do time contra o Nacional nesta terça-feira, às 21h50, horário de Brasília.

O time teve o apoio de cerca de mil vascaínos que se espremam nas grades em volta do clube 3B, no centro da capital amazonense, mas também ouviram provocações de torcedores rivais, prinpalmente de flamenguistas.

O atacante Eder Luis, que era dúvida para a partida, participou normalmente do treino recreativo comandado por Lucas Silvestre, auxiliar e filho de Dorival Júnior. O treinador do Vasco ainda não está em Manaus. Ele participa de uma reunião de uma associação de treinadores de futebol em São Paulo e só chega ao hotel do Vasco no fim do dia.

Tenorio, Montoya, Fagner, Eder Luis e o diretor executivo de futebol Ricardo Gomes eram os mais festejados pelos torcedores vascaínos, que ainda fizeram leve cobrança sobre o zagueiro Cris e o lateral Nei. Posicionados nas casas atrás de um dos gols do treinamento do Vasco, torcedores do Flamengo provocaram os vascaínos, mas sem qualquer incidente. Alguns chegaram a gritar “segunda divisão”, mas logo foram rebatidos pelos vascaínos, em maioria.

Eder chegou a comentar, antes do treino da tarde, que o carinho recebido em Manaus dá vontade dos jogadores irem mais vezes jogar fora do estado.

– É um carinho diferente, poucas vezes vemos isso onde jogamos. Acho que o torcedor merecia ver mais vezes o Vasco, o clube deveria fazer mais amistosos, é uma coisa que conversamos entre a gente – comentou o atacante, que ainda lembrou do time estar vindo de derrota para o Grêmio. – Nesse contexto essa saída para cá foi muito boa, fomos recebidos com festa. Isso é muito legal.

(Fonte: GloboEsporte.com)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.