Dissica Valério tem contas reprovadas novamente

(Foto: Internet)

Na sessão desta quarta-feira, o pleno julgou irregulares as contas do ex-prefeito de Eirunepé, Francisco das Chagas Dissica Valério Tomaz, e o multou em R$ 30,6 mil por impropriedades encontradas na prestação de contas do município, referente ao exercício de 2011.

De acordo com o voto do relator do processo, conselheiro Lúcio Albuquerque, foram encontradas dezenas de irregularidades na prestação de contas do gestor, entre elas atraso no envio dos balancetes e demonstrativos mensais, via sistema ACP/Captura de todo o ano de 2011, e não encaminhamento dos relatórios de gestão fiscal referentes aos dois semestres anuais.

Conforme o conselheiro Lúcio Albuquerque, Dissica Valério realizou a aquisição de produtos da mesma natureza (material de expediente, gêneros alimentícios, combustíveis, material odontológico, medicamentos, material de construção, etc.) em pequenos intervalos de tempo sem o correto processo licitatório, retenção de descontos dos empréstimos consignados em folha de funcionários da prefeitura, conforme registros no balanço financeiro e balanço patrimonial, no valor total de R$ 112.198,27.

O gestor tem um prazo de 30 dias para devolver o montante ao erário ou apresentar recurso ao TCE.

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.