Dilma manifesta preocupação com crise na Europa durante visita a Portugal

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, expressou preocupação com as consequências sociais da crise na Europa e pediu nesta segunda-feira em Lisboa um aprofundamento dos laços econômicos com Portugal.

“O Brasil sempre lançou um olhar preocupado sobre a crise econômica na Europa”, declarou Dilma após um encontro com o seu homólogo português, Aníbal Cavaco Silva.

Citando “a situação social e o desemprego” registrados na Europa, Dilma manifestou “a esperança de ver em breve sinais de retomada do crescimento e uma melhoria da situação das populações europeias”. Em visita a Portugal, juntamente com vários de seus ministros, a presidente brasileira ressaltou ainda seu desejo de “aprofundar os laços comerciais e de investimento mútuo entre os dois países”.

Particularmente afetado pela crise da dívida na zona do euro, Portugal negociou um plano de ajuda internacional incluindo um vasto programa de privatizações. Ao anunciar nesta segunda a assinatura de dois acordos de cooperação nas áreas de biotecnologia e nanotecnologia, Dilma disse que esses programas são o símbolo de que as relações entre Brasil e Portugal atingiram um novo nível. “Portugal considera que o Brasil é um parceiro estratégico para as nossas empresas (…) e queremos que mais empresas brasileiras olhem para Portugal e suas oportunidades de investimento”, disse Cavaco Silva.

Nenhum dos dois líderes, no entanto, comentou a questão da privatização da TAP, que, segundo a imprensa local, deve ser abordada em reuniões posteriores. A visita de Dilma Rousseff, que deve ainda ter um encontro com o primeiro-ministro português Pedro Passos Coelho, coincidiu com o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas e com o encerramento do ano do Brasil em Portugal.

(JB) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.