Dia de Luta Nacional das Pessoas com Deficiência terá programação especial na Policlínica Codajás

(Reportagem: Jéssica Botelho)

A Policlínica Codajás, do Governo do Estado, promoverá nesta sexta-feira (20), véspera do Dia de Luta Nacional das Pessoas com Deficiência, o 3º Encontro dos usuários do Programa de Atenção Integral ao Deficiente (Paid), executado na unidade de saúde.

Com início às 9h, no auditório da policlínica (rua Codajás, 26, Cachoeirinha), o evento tem a finalidade de estimular a reflexão e a busca de novos caminhos que assegurem a inclusão social da pessoa com deficiência, além de reforçar o compromisso com a oferta de um atendimento integral à saúde desses pacientes.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pouco mais de um quarto da população brasileira tem algum tipo de deficiência, já superando a cada de 50 milhões de pessoas. No Amazonas, segundo informações do Censo Demográfico 2010, essa relação é ainda maior: aproximadamente um terço da população de 3,5 milhões de habitantes detém algum tipo de deficiência e mais da metade desse grupo está concentrado na capital.

Fábio Manabu Shimizu, diretor da Policlínica Codajás, destaca que, de janeiro a agosto deste ano, a unidade de saúde recebeu 971 novos usuários no Paid, número 11,6% maior que o mesmo período de 2012, quando foram inscritas no Paid 870 pessoas com deficiência. Deste total, 816 se inscreveram pela primeira vez e 155 reabriram processo para continuar recebendo atendimento especializado e equipamentos em algum dos módulos oferecidos (ocular, auditivo, ortopédico e estomizado).

Nesse mesmo período em análise, também houve acréscimo na quantidade de equipamentos entregues aos usuários proporcionando qualidade de vida e autonomia dos pacientes. Até o final de agosto de 2013 já foram entregues 40,3 mil produtos representando um incremento de 48% nas concessões comparado aos dados do ano passado. A entrega realizada este ano já beneficiou diretamente 3.688 pacientes.
A supervisora do Paid, enfermeira Josenira Almeida, ressalta que o Dia Nacional de Luta dos Deficientes foi instituído por iniciativa de movimentos sociais, em 1982, e oficializado pela Lei nº 11.133, de 14 de julho de 2005. “A data procura promover a reflexão, em todos os setores da sociedade, sobre os obstáculos que ainda precisam ser superados para assegurar aos deficientes maior acessibilidade, inserção na sociedade e qualidade de vida”, disse, acrescentando que a procura pelos serviços do Paid é cada vez maior.

Atividade cultural – A programação do dia 20 inclui a palestra “Vivendo sem Limites”, ministrada pela equipe multidisciplinar de residentes da Universidade Federal do Amazonas. A atividade, além de possuir caráter motivacional, instrui os pacientes a praticarem exercícios físicos básicos para seu bem-estar. Em seguida, haverá mostras culturais apresentadas por integrantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.