Deputado defende na ALEAM recuperação da BR 319 e a legalização de jogos no Brasil

Deputado defendeu na Aleam a recuperação da bR-319 e a legalização de jogos no Brasil
Deputado defendeu na Aleam a recuperação da bR-319 e a legalização de jogos no Brasil
Deputado defendeu na Aleam a recuperação da bR-319 e a legalização de jogos no Brasil

mazonas – Em discurso no Grande Expediente desta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Orlando Cidade (PTN) manifestou apoio à criação da Frente Parlamentar de Apoio à Recuperação da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho (RO) e ao resto do país.

Segundo o deputado, a Frente que terá a participação de deputados estaduais de outros Estados vizinhos, vai trazer de volta o sonho dos amazonenses de se integrar ao restante do país através de estradas. “Essa Frente vai possibilitar que o sonho da BR-319 volte a ser realidade, ainda que nos moldes da Transamazônica, com estrada de piçarra em 400 km, mas mesmo assim é um avanço para a Amazônia”, afirmou.

Arrecadação fiscal – Sobre o possível aumento impostos para arrecadação de receita por parte do governo federal, o parlamentar se disse a favor da legalização de jogos de azar no Brasil. “É mais razoável que os jogadores que gostam de jogar e podem pagar para jogar paguem os impostos sobre os jogos de azar”, afirmou, anunciando que a legalização já seria tardia no Brasil.

Aparteando o discurso, o deputado estadual José Ricardo (PT) se disse contrário à legalização dos jogos, colocando em dúvida a eficácia da medida e a polêmica em torno do tema. “Particularmente não sou a favor dessa medida em relação a jogos. Não sei se é o melhor caminho a seguirmos e essa discussão levantaria o entendimento de várias bancadas diferentes, trazendo um conflito enorme sobre a moral, de ser contra ou a favor dos jogos de azar e ainda o quanto isso traria, de receita real, para o governo”, afirmou.

Amazonianarede-Aleam

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.