Defensoria Pública começa a ressarcir candidatos a partir de hoje (15)

Manaus – A partir desta segunda-feira (15), a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) inicia o processo de ressarcimento a candidatos inscritos no concurso público do órgão, o qual foi anulado. Segundo o deputado estadual Marcos Rotta (PMDB), os candidatos que se inscreveram no certame poderão solicitar a devolução da taxa por meio do site do DPE, www.defensoria.am.gov.br, no período de 15 de outubro a 14 de novembro.

“O defensor público geral do Estado, Ricardo Trindade, afirmou que o processo de ressarcimento teve o apoio do governador Omar Aziz (PSD), que autorizou o repasse de R$ 967,4 mil correspondente à restituição da taxa de R$ 200 paga por 4.837 candidatos”, comentou Rotta.

Rotta afirmou que a realização de um novo concurso, organizado pela Fundação Carlos Chagas, é uma demonstração clara da preocupação do governador Omar Aziz em reforçar a atuação da defensoria pública no interior do Estado. “O concurso é para o preenchimento de 35 vagas para o cargo de defensor público do Estado. Os aprovados vão atuar no interior, o que deve garantir atendimento e assistência em quase todos os municípios amazonenses. É um passo importante no resguardo dos direitos do cidadão”, disse Rotta.

As inscrições do concurso da DPE estão abertas até a próxima segunda-feira, dia 15, no valor de R$ 200. A prova objetiva está prevista para o dia 20 de janeiro. A remuneração é de R$ 12.277,52, mais benefícios previstos em lei.

(TEXTO: Assessoria do deputado)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.