CPI da Exploração Sexual ouve acusados de pedofilia no Amazonas

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes da Câmara dos Deputados continua hoje na cidade de Coari (AM) onde realiza ouvirá diversas autoridades sobre denúncias de pedofilia contra o prefeito Adail Pinheiro.

Segundo investigações da Polícia Federal, Adail chefiou uma rede de exploração sexual de menores.
Os depoimentos foram solicitados pela presidente da CPI, deputada Erika Kokay (PT-DF). Além de Adail, deverão ser ouvidos:

– a ex-secretária de Ação Social de Coari Maria Lândia Rodrigues dos Santos e o marido dela, Eudes de Souza Azevedo;
– Haroldo Portela de Azevedo, ex-assessor de Adail ;
– José Maria de Aguiar, ex-segurança particular de Adail:
– Jaime Levi Paiva, ex-fotógrafo de Adai;
– o ex-secretário de administração de Coari Adriano Teixeira Salan;
– o ex-delegado de Polícia Civil do município Osvaldo Figueiredo Maia; e
– o ex-sócio da agência de modelos Mega Models Fábio Martins Marques.

A CPI já recebeu o inquérito da Operação Vorax, da Polícia Federal, protegido por segredo de justiça. Além de Adail e de seus assessores, a PF também realizou gravações de seis magistrados do Amazonas, entre juízes e desembargadores.

Os depoimentos serão tomados no auditório Rio Copeá, do Instituto de Saúde e Biotecnologia/Ufam.

(Agência Câmara) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.