Copa América Centenário começa nesta sexta-feira

Copa América começa hoje, mas o Brasil esteria sabado

 

Copa América começa hoje, mas o Brasil esteria sabado
Copa América começa hoje, mas o Brasil esteria sabado

EUA – Apenas um ano depois da Copa América no Chile, sua edição do Centenário começa nesta sexta-feira, 3, pela primeira vez fora da América do Sul, em solo norte-americano. O torneio de seleções mais antigo do mundo, que por pouco não foi cancelado devido aos escândalos de corrupção da Fifa, tem duas equipes estreantes e a maior quantidade de participantes de sua longa trajetória.

Com 16 seleções na disputa, os Estados Unidos voltam a sediar uma grande competição de futebol depois da Copa do Mundo de 1994. O evento, realizado em conjunto com a Concacaf, serve para comemorar os 100 anos da Conmebol e da realização da 1ª Copa América.

A competição que reúne equipes de toda a América remete ao Torneio Pan-americano, que teve três edições entre 1952 e 1960. Este ano, Panamá e Haiti disputam a Copa América de forma inédita, com a Jamaica chegando à sua segunda participação depois da estreia no ano passado.

Por ser uma edição extra, o campeão desta competição não vai ganhar vaga para a Copa das Confederações, em 2017. Com seu primeiro título conquistado em casa no ano passado, o Chile já está garantido no torneio, que será disputado na Rússia, local da próxima Copa do Mundo.

Foram escolhidas 10 sedes, sendo oito estádios de times da NFL, liga de futebol americano. Os outros dois locais são o Citrus Bowl, casa do Orlando City, time de Kaká, e o Rose Bowl, onde a Seleção conquistou o tetra mundial e estreia na competição, no sábado, 4.

Em maio do ano passado, uma série de escândalos com dirigentes da Fifa presos chocou o cenário do futebol mundial. Foram os Estados Unidos que lideraram boa parte das ações, através de seu Departamento de Justiça. Uma das denúncias durante o processo indicava suborno também na escolha da sede da Copa América Centenário.

Apesar de toda a desconfiança, a realização da competição foi confirmada e o pontapé inicial é nesta sexta, entre os anfitriões e a Colômbia, no Levi’s Stadium, sede do último Super Bowl da NFL. As 16 seleções estão divididas em quatro grupos, nos quais se classificam duas equipes para as quartas de final, quando começa a fase do mata-mata.

Desfalques

Mesmo com a maior quantidade de participantes da história, a Copa América Centenário terá diversas ausências em campo, situação liderada pela Seleção Brasileira. Entretanto, não só de brasileiros é formada essa equipe de desfalques.

Na Argentina, o lateral Zabaleta, por lesão, e Tévez, por opção do treinador, são as principais ausências. Cinco vezes melhor do mundo e capitão da equipe, Lionel Messi sofreu uma lesão nas costas e não deve jogar na estreia. A expectativa é que o atacante, que busca seu primeiro título com a seleção principal, volte a jogar já na segunda rodada.

A Associação de Futebol (AFA) do país ainda passa por uma grave crise administrativa. O técnico Tata Martino está há meses sem receber salários e o governo argentino realizou uma intervenção na AFA, o que pode acarretar na suspensão da seleção e suas equipes de torneio internacionais da Fifa.

Maior vencedor da Copa América com 15 títulos, o Uruguai vive a expectativa da recuperação de seu principal craque, Luis Suárez, que sofreu uma lesão muscular. Artilheiro do Barcelona com 54 gols na temporada, o atacante tenta retornar à Celeste ainda na fase inicial. A equipe Celeste  aposta no bom momento, liderando as Eliminatórias.

Estreia brasileira

Com uma série de problemas, enfrentado pelo técnico falastrão \dunga, inclusive com vários corte de atletas no elenco a seleção brasileira, esteia neste sábado na copetição contra o Equador.

Amazoninrede-Agenenci Reuters

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.