Comunidades ribeirinhas de Parintins recebem o Programa Luz Para Todos

Parintins ( distante 369 quilômetros da capital amazonense ) é um dos municípios no Amazonas que mais tem sido beneficiado pelo Programa Luz Para Todos, com a energização de praticamente de toda Vila Amazônia, zona rural de Parintins, área que concentra dezenas de comunidades rurais.

O coordenador estadual do Comitê Gesto do Programa Luz Para Todos Robson de Bastos esteve na Ilha Tupinambarana, onde visitou inúmeras comunidades rurais, e, foi confirmada a inclusão de mais de 10 comunidades instaladas a margem esquerda do Rio Amazonas, em Parintins, no programa do Governo Federal “Luz Para Todos”. Desde 2009 quando iniciou a ampliação da eletrificação na zona rural de Parintins, o projeto não contemplava essas comunidades Segundo Basto à eletrificação vai iniciar na segunda quinzena do mês de setembro e até 31 de Dezembro de 2013 mais de 900 famílias estarão com energia elétrica. 

O engenheiro Robson de Bastos esteve sexta-feira e no sábado nas comunidades de São José do Itaboraí de Baixo, Comunidade de Boa Vista Cristo Rei, São Vicente do Itaboraí do Meio, Menino Deus, São Francisco do Paraná, Divino Espirito Santo do Paraná do Meio, Paraná do Espirito Santo de Cima e São Sebastião do Boto, onde participou de pequenas reuniões com comunitários e indígenas, moradores, presidentes de associações e alunos para repassar as informações. Essas comunidades a energia é feita com gerador e às vezes falta dinheiro para comprar o combustível. Assim aulas e projetos são paralisados, informaram a maioria dos alunos.

Para essa nova etapa a Eletrobrás vai liberar mais de 14 milhões de reais e as comunidades indígenas instaladas no Rio Uaicurapá, também serão contempladas. A eletrificação, explicou o engenheiro Robson vem da Agrovila do Mocambo, para a Comunidade da Brasília, Catispera e em seguida as demais localidades. Em Parintins até o momento 186 comunidades rurais foram atendidas pelo “Luz Para Todos” atingindo 4 mil famílias num total de 21 mil pessoas.

(Ascom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.