Comitê Gestor da BR-156 reúne-se para dar celeridade à obra

Amazonianarede – Diário do AP

Macapá – Aconteceu nessa semana, na aldeia do Manga, no município de Oiapoque, a reunião extraordinária do Comitê Gestor da BR-156. A comissão é composta pelo Dnit, Setrap, Sepi, Funai Brasília, Funai Amapá e lideranças indígenas. Cada órgão tem direito a dois representantes, sendo um titular e um suplente.

No encontro, foi apresentada a equipe de estudos das obras de cons-trução das aldeias às margens daBR-156. Ficou decidido que todos, dentro do comitê, são responsáveis pelo andamento das obras.

A representação do governo estadual afirmou que o Amapá não medirá esforços para o bom andamento das obras na BR-156 e garantiu as medidas compensatórias para a comunidade indígena, como a manutenção da BR-156 no trecho ainda não asfaltado; recuperação e manutenção do ramal da aldeia Manga, parac escoamento da produção das comunidades indígenas do Kumenê, Kumarumã e Espírito Santo; e o remanejamento e construção das novas aldeias.

O representante da comunidade indígena, o cacique Domingos Santa Rosa, ficou contente com a reunião e acredita que agora, com o entendimento entre os representantes do comitê, a obra terá mais celeridade.

“É um encontro histórico, com a presença de todos os representantes do comitê. O governo do estado não busca culpados pelo atraso nas obras, e sim entendimento para que tudo seja concluído em benefício da população, respeitando a comunidade e os estudos dos componentes indígenas, que serão fundamentais para identificar as medidas e compensações para a BR-156”, disse a representante da Funai (Brasília), Luciana Nogueira.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.