Comércio manauara espera bom faturamento no último trimestre

Amazonianarede/Jornal do Commercio

Manaus – Alavancado com o movimento em função das comemorações do Dia das Crianças, 12 de outubro, o comércio manauara espera aumentar bem as vendas e com isso, alcançar um excelente faturamento.

Dessa forma, as vésperas do Dia das Crianças e das festas de fim de ano, a expectativa é que as vendas aumentem em 20% somente em outubro. Para o Natal, a estimativa chega a 30% a mais do que os meses anteriores. De acordo com o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ismael Bicharra, o momento é favorável para a economia, embora as projeções atuais não ultrapassem as metas pré-determinadas para o período.

Para o vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomercio/AM ), Anderson Frota, os impasses enfrentados ao longo do ano não permitirão números tão satisfatórios como os projetados no começo de 2012. “Não contávamos com as crises que fomos forçados a enfrentar”, lamenta o representante ao referir-se às restrições de créditos, à cheia do rio Negro e ao alto índice de inadimplência no País.

Para Bicharra, ainda há tempo de recuperar parte das vendas que amargaram o primeiro semestre. Embora avalie como “delicado” o atual momento econômico, as lojas devem se programar para receber consumidores que realmente querem – e poderão – consumir. “O adiantamento do 13º salário, as facilidades com menores juros bancários e outras facilidades incentivam o consumo”, comemora.

Dia das Crianças

A menos de uma semana para o Dia das Crianças, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus) já adianta boas vendas. Segundo o presidente da entidade, Ralph Assayag, os produtos mais procurados ainda são os brinquedos importados. “Apesar do aumento na taxa de importação – que variou de 20% para 35% – eles ainda são os prediletos”, diz.

Baseado na pesquisa divulgada pela CDL-Manaus sobre a intenção de compras para o mês de outubro, 50,23% dos entrevistados pretendem presentear pelo menos uma criança. O gasto médio por presente é de R$ 220, 42. No total, 542 consumidores foram ouvidos.

Empregos

Com as festas de fim de ano, o número de empregos também tende a aumentar. O acréscimo já é notado a partir de setembro, quando foram contratados mais de 250 novos trabalhadores. De acordo com Assayag, mais 350 vagas devem ser abertas ainda este mês. “O número de empregos temporários aumenta consideravelmente a partir do final de outubro e começo de novembro, quando todos os lojistas se dedicam às festas”, adianta. A expectativa é que mais de 2.500 vagas sejam abertas.

Inadimplência

Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a inadimplência caiu 12,02% no mês de setembro na comparação com o mesmo mês de 2011. Em relação a agosto, a inadimplência nacional recuou 0,65%. Na capital amazonense, o número caiu para 3,6% no mês de setembro.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.