Com título já garantido, Brasil se despede com vitória

(Reportagem: De Ica, Peru, Vicente Condorelli – CBV)

A seleção brasileira feminina de vôlei entrou em quadra neste DOMINGO (22.09) com o 18º título continental garantido. Mesmo diante de um ginásio lotado com 6000 pessoas em Ica, no Peru, o Brasil não diminuiu o ritmo, venceu as peruanas por 3 sets a 0 (25/8, 25/17 e 25/8), em 1h02 de jogo, e se despediu do Sul-Americano com vitória.

A principal pontuadora da partida foi a central Juciely, com 19 acertos. A ponteira Natália também pontuou bem ao marcar 12 vezes.

O resultado confirmou uma campanha perfeita das brasileiras, que venceram cinco partidas sem perder sets. O título valeu a classificação para a Copa dos Campeões, em novembro deste ano, no Japão, e para o Mundial de 2014, na Itália. A Argentina ficou com a medalha de prata e as donas da casa com o bronze.

Após a partida, a capitã Fabiana comemorou o resultado e a conquista das vagas para os campeonatos futuros. “Alcançamos o nosso objetivo maior, que era a nossa classificação. Hoje entramos concentradas desde o início, mesmo sabendo que jogar contra essa torcida não é nada fácil. A equipe está de parabéns pela concentração, pela força e por tudo que fizemos nesse campeonato. Entramos tentando fazer o nosso melhor o tempo todo”, disse Fabiana.

A líbero Fabi também festejou esta que foi a sexta vez que ganhou o Sul-Americano com a seleção brasileira. “Este é o meu sexto título e quando falamos em números, ainda me surpreendo. Estar aqui sempre foi um sonho e, antes, a hegemonia era peruana. Quando eu comecei a jogar passou a ser brasileira e fico muito feliz por ver que o Brasil continua soberano.

Conseguimos demonstrar essa superioridade técnica jogando bem e acho que o mais importante é ter consciência da nossa responsabilidade. Qualquer titulo que o Brasil venha a disputar, entraremos forte”, afirmou Fabi.

O técnico José Roberto Guimarães fez questão de agradecer a todas as jogadoras que estiveram com a seleção brasileira neste Sul-Americano. “Fomos muito bem recebidos em Ica e preciso agradecer a cidade. Todas as jogadoras do nosso time estão de parabéns. Elas se comprometerem com esse campeonato e jogaram com seriedade até o final. O nosso objetivo era a conquista das vagas para a Copa dos Campeões e do Mundial de 2014 e alcançamos isso. Hoje o time se portou bem”, elogiou o treinador.

Com a conquista, a seleção brasileira feminina de vôlei acumula 29 participações no torneio e já conquistou a medalha de ouro 18 vezes, além de ter ficado com a prata em outras 11 ocasiões. O Brasil só não disputou a competição em 1964.

O título sul-americano manteve a campanha brilhante do time verde e amarelo na temporada. Além da conquista continental, o Brasil venceu os torneios de Alassio, Montreux e o Grand Prix.

A seleção brasileira feminina de vôlei no Sul-Americano foi formada pelas levantadoras Dani Lins e Fabíola, as opostos Sheilla e Monique, as ponteiras Natália, Gabi, Fê Garay e Michelle, as centrais Adenízia, Fabiana, Thaísa e Juciely e as líberos Fabi e Camila Brait.

Desembarque

A seleção brasileira feminina de vôlei retornará para o Brasil nesta SEGUNDA-FEIRA (23.09). O time verde e amarelo desembarcará no Brasil no voo LA 2767 às 15h40 desta SEGUNDA-FEIRA (23.09) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

O JOGO

Brasil começou bem e fez 4/0. Com uma boa sequência de saques de Juciely, as brasileiras abriram dez pontos (11/1). Bem no bloqueio e no ataque, o time verde e amarelo não deu chances para as donas da casa e venceu o set por 25/8.

As brasileiras seguiram melhores e fizeram 9/5 no início do segundo set. Com Natália bem no ataque, o Brasil foi para a segunda parada técnica com cinco de vantagem (16/11). Com tranquilidade, o time verde e amarelo venceu o segundo set por 25/17.

O Brasil voltou para o terceiro set disposto a fechar a partida e fez 10/2. Sem dar chances para as peruanas, as brasileiras fecharam o set por 25/8 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPE:

Brasil: Dani Lins, Sheilla, Natália, Gabi, Fabiana e Juciely. Líbero – Fabi
Entraram: Michelle, Adenízia, Fabíola e Monique
Técnico: José Roberto Guimarães

MELHORES DO CAMPEONATO
Levantadora – Ahizar Zuniaga (Venezuela)
Oposta – Sheilla (Brasil)
Centrais – Fabiana (Brasil) / Mirtha Uribe (Peru)
Ponteiras – Karla Ortiz (Peru) / Fernanda Garay (Brasil)
Líbero – Fabi (Brasil)
MVP – Montano (Colômbia)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Brasil
2º Argentina
3º Peru
4º Colômbia
5º Venezuela
6º Chile

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.