Com o rigor do inverno, Susam alerta para prevenção contra viroses

Amazonianarede – Susam

Manaus – As unidades de urgência e emergência da rede estadual de saúde registram um crescimento entre 30% e 40% da demanda por serviços, neste período do ano, marcado pela intensificação das chuvas. Infecções respiratórias e viroses típicas da época são doenças que estão na origem desse crescimento e afetam, principalmente, crianças e pessoas idosas.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, faz um alerta sobre a importância da prevenção e destaca que, nos casos mais brandos, o recomendado é procurar as Unidades Básicas de Saúde mais próximas de casa. Os hospitais e prontos-socorros são para os casos mais graves.

“Aos primeiros sinais da virose é necessário procurar o clínico ou o pediatra, conforme o caso. É importante não deixar o estado de saúde da pessoa se agravar, evitando desta forma a sobrecarga dos serviços de urgência que, neste período, ocorre tanto na rede pública quanto na particular de saúde”, disse o secretário. Alecrim salienta que, nesse período, é importante evitar ambientes fechados e de grande aglomeração de pessoas e que esse cuidado deve ser redobrado quando se trata de idosos e crianças, mais suscetíveis a gripes e resfriados, por exemplo.

De acordo com o secretário, todos os esforços estão sendo realizados para que os Prontos Socorros, sobretudo os que atendem ao público infantil, consigam responder a esta demanda extra sazonal. Ele explicou que no Pronto Socorro da Criança da Zona Leste, também conhecido como “Joãozinho”, 10 leitos extras de enfermaria estão sendo providenciados e devem estar funcionando ainda nesta primeira quinzena de março. No Pronto Socorro da Criança da Zona Sul foi agilizado o trabalho de reforma da UTI da unidade. Dois dos cinco leitos do setor já estão liberados para receber pacientes e os outros três serão reativados na próxima semana.

Alecrim destacou que a medida adotada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de ampliar o horário de atendimento em 10 Unidades Básicas de Saúde, que estão funcionando no período noturno e aos sábados, foi importante e é mais uma alternativa para os usuários. “Em todas as zonas da cidade há Unidades Básicas de Saúde funcionando com este horário diferenciado. Elas dão um bom suporte aos Serviços de Pronto Atendimento da Prefeitura e do Estado, que funcionam como serviço de urgência intermediário”, frisou Alecrim. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.