Com mais de 60% de deputados e senadores acima dos 50 anos, Congresso não reflete demandas dos jovens

Congresso envelhecido, não atende as demandas dos jovens
Congresso envelhecido, não atende as demandas dos jovens
Congresso envelhecido, não atende as demandas dos jovens

Brasilia – Quando uma manifestação de cunho político no Brasil ganha as ruas, ela é, geralmente, organizada e composta maoritariamente por jovens. Apesar disso, esse engajamento não se repete na representatividade do Congresso Nacional. Nas duas Casas Legislativas, a Câmara e o Senado, 62% dos parlamentares estão acima dos 50 anos. Na Câmara, eles representam 59%. No Senado, chegam a 87%.

“No caso do Senado, isso se justifica. É uma casa destinada a representar os Estados, não a população. Tanto que frequentemente são recrutados ex-governadores, ex-presidentes”, explica o professor José Alvares Moisés, diretor do Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas da USP (Universidade de São Paulo).

Na Câmara, o grupo majoritário (36,84%) está na casa entre 51 e 60 anos. Mas existem os deputados novatos. A faixa entre 21 e 30 anos conta com 20 integrantes, o que representa 4% da casa.

Uldurico Junior (PTC-BA), de 23 anos, é o caçula do legislativo nacional. Integrante de uma família de políticos (ele é filho do ex-deputado federal Uldurico Pinto e neto do também ex-deputado José Alencar Furtado), o estudante universitário foi eleito na primeira eleição que disputou.

— Na minha região, eu sentia falta de um representante a nível federal. Eu me propus a ser candidato, sempre gostei muito de política, sempre quis entrar e não tinha idade até então.

Na outra ponta da pirâmide etária está Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que completa 85 anos em maio e é o mais velho do legislativo. Apenas como deputado federal são dez mandatos.

Ele destaca que um dos principais amadurecimentos que a experiência traz é perceber que alguns objetivos “são difíceis de serem atingidos”.

— A idade é muito importante, a participação dos jovens é muito importante, principalmente quando são jovens esclarecidos. Mas, a experiência daqueles que têm mais tempo de parlamento é válida, porque a política é muito complexa, é cheia de riscos e as pessoas mais experientes, logicamente, têm uma vivência maior.

Amazonianarede-R7

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.