Com 49%, avaliação negativa de Dilma supera positiva, diz pesquisa CNI/Ibope

Aprovação pessoal da presidente é de 45% dos entrevistados, quatro pontos percentuais a menos do que a desaprovação; governo é ‘ótimo’ ou ‘bom’ para 31%.

O índice de desaprovação pessoal da presidente Dilma Rousseff cresceu, superando sua aprovação, mostra pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (25), encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

No levantamento, a avaliação negativa da presidente é de 49%, contra 45% de avaliação positiva. Na última pesquisa, realizada em junho, a aprovação era 71%.

A aprovação do governo Dilma caiu de 55% para 31%. O novo número representa uma queda de 24 pontos percentuais entre os que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”, no intervalo de um mês. O número de brasileiros que avaliam o governo como “ruim” ou “péssimo” também é de 31%.

A pesquisa revela que o percentual da população que confia na presidente Dilma caiu 22 pontos percentuais em relação a junho e ficou em 45% em julho, menor do que os 50% que disseram não confiar na presidente.

Áreas de atuação

Na avaliação dos brasileiros, as áreas em que o governo federal têm a pior atuação são saúde (71%), segurança pública (40%) e educação (37%). As três áreas em que o governo apresenta melhor desempenho são: habitação e moradia (28%), fome e miséria (23%) e capacitação profissional (22%).

O levantamento ouviu 7.686 pessoas com mais de 16 anos de idade, em 434 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

(Amazonianarede – Ibope) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.