Campeonato Amazonense de Jiu Jitsu é neste final de semana

Manaus – Aproximadamente dois mil atletas estarão reunidos, neste final de semana (04 e 05), para disputar a 26ª edição do Campeonato Amazonense de Jiu Jitsu.

O evento, promovido pela Federação de Jiu Jitsu do Amazonas (FJJAM), com apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), será realizado no Ginásio do Bergão, bairro São Jorge, zona Oeste, a partir das 10h nos dois dias do evento, quando o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, receberá uma homenagem por ser o único faixa coral da região Norte.

O Estadual deste ano chama atenção pelas novidades. Uma delas é que a competição será dividida em dois finais de semana. Logo, amanhã (04) e domingo (05) acontecem às disputas das faixas branca até azul e dia 11 e 12 de maio será vez dos faixas Roxa, Marrom e Preta entrarem em cena.

“Nós já conseguimos bater todos os recordes. Ano passado, ao todo, contabilizamos 1.653 atletas disputando o Amazonense. Este ano, só para este final de semana, estamos somando 1.800 lutadores e vamos chegar aos 3 mil participantes se somarmos com as próximas disputas do dia 11 e 12. Isto é a prova que o Jiu Jitsu está crescendo cada vez mais e evoluindo no Estado”, considerou o subsecretário da Semdej e presidente da FJJAM, Elvys Damasceno.

Outra boa nova do evento e que está chamando bastante atenção dos competidores é a premiação, uma vez que o Amazonense está premiando os oito campeões Absolutos com passagens aéreas ida e volta para os Estados Unidos, mais precisamente para Long Beach (Califórnia), onde acontecerá o Campeonato Mundial de Jiu Jitsu, no final deste mês. Além disso, todos os lutadores que ocuparem os terceiros lugares levarão medalha para casa.

“Seguindo a regras da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (CBJJ), vamos dar este ano medalhas aos dois lutadores que ocuparem o terceiro lugar. É justo e valoriza o atleta. Nos preocupamos em dar as passagens, pois muitas vezes o atleta passava para o Mundial, mas não tinha condições de sair daqui para fora. Agora, apresentando os documentos pedidos (como visto), os vencedores terão todas as condições de brigar por uma medalha em solo estrangeiro e elevar o nome do Amazonas”, afirmou Damasceno.

Excelência no Amazonense

Um dos pontos mais divergentes em competições de arte marcial é a arbitragem. Pensando nisso, o subsecretário da Semdej e presidente da FJJAM, Elvys Damasceno, investiu pesado e trouxe para o Amazonense o diretor da Federação Internacional de Jiu Jitsu e da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu (CBJJ), Álvaro Mansour.

Renomado e respeitado no mundo da luta, Mansour ministrou por dois dias (01 e 02 de maio) um seminário com validade internacional para 80 árbitros e deste número selecionou 12 para atuarem no Estadual. De acordo com Elvys, a medida vai garantir mais qualidade ao evento.

“A arbitragem sempre é polêmica. Mas tendo o Mansour treinando e avaliando os árbitros e lutadores no evento, não haverá espaço para dúvidas e reclamações”, acredita o subsecretário da Semdej.

Aqueles que desejarem “dar uma olhada” nos combates, as chaves estarão disponíveis a partir do meio-dia de hoje (03) no site semdej.manaus.am.gov.br.

FOTO: ANTONIO LIMA/SEMDEJ

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.