Buscas por avião desaparecido prosseguem após óleo ser detectado no mar

Malásia, China e Vietnã fazem operação no Mar da China Meridional para tentar achar Boeing 777 da Malaysia Airlines que sumiu dos radares durante voo entre Kuala Lumpur e Pequim, na sexta-feira, com 239 pessoas a bordo.

A equipe de resgate que partiu do Vietnã localizou rastros de combustível no mar que podem ser do Boeing 777 da companhia aérea Malaysia Airlines. As manchas no mar são os primeiros possíveis sinais para localizar a aeronave, que desapareceu na noite desta sexta-feira com 239 pessoas a bordo.

“Dois de nossos aviões detectaram rastros de combustível com 15 a 20 quilômetros, em paralelo, a 500 metros um do outro”, declarou o general Vo Van Tuan em entrevista à televisão estatal. “Não temos certeza de onde vêm esses traços de combustível, mas enviamos navios vietnamitas para a área”, acrescentou.

O voo MH370, com 227 passageiros e 12 tripulantes de treze nacionalidades, perdeu contato com o controle de tráfego aéreo perto da província de Ca Mau, no extremo sul do Vietnã, a caminho de Pequim. A aeronave deveria ter contactado a torre de controle da cidade de Ho Chi Minh, mas não o fez.

Segundo a companhia aérea, o avião não alertou qualquer problema durante o trajeto. Não houve relatos de mau tempo e nenhuma indicação sobre por que o Boeing desapareceu das telas de radares cerca de uma depois de ter decolado de Kuala Lumpur.

Em seguida, o ministério da Defesa vietnamita lançou uma missão de socorro em parceria com a Malásia e a China.
Pequim enviou navios de patrulha para que rastreassem a área, enquanto a Malásia mobilizou um avião, dois helicópteros e quatro navios para realizar as buscas em uma área do Mar da China Meridional. As Filipinas enviaram três navios da Marinha e aviões de vigilância, e Singapura destacou uma aeronave em missão de busca.

Fotos: Reuters

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.