“Brasil está se transformando em um país de classe média”, diz Dilma

Amazonianarede – JB

Rio – Acompanhada dos peemedebistas Sérgio Cabral e Eduardo Paes, a presidente Dilma Rousseff inaugurou na tarde desta sexta-feira (1) o Hospital de gestão compartilhada Evandro Freire, na Ilha do Governador. A unidade inaugurada pode ter até seis mil atendimentos, conta com 120 leitos para internações e outros 15 para usuários de álcool e drogas que venham a ser internados.

Apesar da recente crise entre o PMDB e o PT, Dilma ressaltou, durante discurso, a aliança entre os dois partidos no estado, e também destacou que o Brasil está se transformando num país de “classe média” por causa das 30 milhões de pessoas que recebem o benefício do Bolsa-Família.

“A Ilha do Governador recebeu um presente enorme. Um presente que qualifica aqueles que o recebem. Não se trata apenas de uma unidade de saúde de alta complexidade, mas de uma unidade que tem leitos disponíveis para tratamento de urgência do crack. A medida faz parte da consciência de cada um de nós, de vencer e combater o crack, que destrói vidas e o futuro dos brasileiros”, discursou a presidente. “Tenho muito orgulho dessa parceria de qualidade com o governador Sérgio Cabral, que depois também incluiu o prefeito Eduardo Paes.

O Ministério da Saúde será responsável por financiar R$ 30 milhões dos R$ 50 milhões necessários para manter o hospital todo mês. O ministro Alexandre Padilha assinou esta semana uma portaria que autoriza a liberação dos recursos.

“O Ministério não poderia estar de fora dessa parceria, por isso assinei a portaria”, declarou Padilha, ovacionada pela população presente na inauguração da unidade, que, na verdade, já funciona há um mês. “O atendimento de saúde aqui na Ilha do Governador era muito acanhado. A população, quando precisava de atendimento médico tinha que correr para outros bairros, mais distantes. Agora o povo da Ilha tem mais conforto”.

Campanha para Pezão

No palco onde pisaram as autoridades que participaram da cerimônia de inauguração da unidade de saúde na Zona Norte do Rio estavam secretários de Paes, como Pedro Paulo (da Casa Civil), Hans Dohmann (da Saúde), Adilson Pires (da Assistência Social) e do vice-governador e pré-candidato a governador do Rio de Janeiro no ano que vem, Luiz Fernando Pezão.

Logo no início de seu discurso, Paes chamou Pezão de “melhor vice-prefeito que o Rio já teve”:

“Temos a honra de receber aqui no Rio a presidente Dilma Rousseff. Outro que também é responsável pelo que o Rio está vivendo é o melhor governador que o Rio já teve, Sérgio Cabral. E o que dizer do melhor vice-governador que o Rio de Janeiro já teve? Pezão é melhor vice que o Rio já teve. Mas eu não vou falar mais nada para não dizerem que estou antecipando as coisas”, declarou em clara referência à eleição do ano que vem. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.