Boa Vista: temporal deixa ruas e avenidas submersas e famílias desalojadas

Trânsito lento, semáforos apagados, comércio amargando prejuízos e ruas alagadas. Assim ficou Boa Vista na manhã de ontem, durante a chuva que durou cerca de duas horas. Como de costume, a avenida Ataíde Teive, um trecho da Mário Homem de Melo e a rua dos Imigrantes, localizadas no bairro Buritis, zona oeste da capital, ficaram debaixo d’água.

Na avenida Ataíde Teive, carros ficaram ilhados no meio da pista e o trânsito teve que ser deslocado para a rua José Aleixo. Segundo comerciantes, a avenida já passou pela implementação da rede de drenagem e esgoto, mas eles reclamam que os problemas persistem, prejudicando inclusive as vendas.

“Estamos cansados desta situação, temos que baixar as portas nesta época, pois a água invade os estabelecimentos. O prejuízo é inevitável”, disse Marcos Aguiar, empresário, que tem uma loja de confecção na Ataíde Teive.
Nas ruas S13, HC10 e HC13, no bairro Senador Hélio Campos, zona oeste da cidade, a água invadiu as casas, deixando várias pessoas desalojadas. No Acampamento Augusto Mariano, alguns barracos de madeira cederam e algumas famílias tiveram que sair às pressas do local.

No bairro Conjunto Cidadão, a Defesa Civil foi acionada para prestar socorro aos moradores da rua CC 33, que tiveram as casas alagadas. “Moro aqui há oito anos entra e sai prefeito, vereador, deputado e nada muda. Lembraria Municipal de Obras e Urbanismo (SMOU), já garantiu a liberação de mais de R$ 60 milhões que serão aplicados na correção de 12 pontos de alagamento na capital.

Conforme a nota, o serviço compreenderá instalação da rede de drenagem pluvial com colocação de bocas de lobo para captação da água, pavimentação asfáltica, serviços de urbanização com implantação de sarjeta e meio fio e ainda, o fechamento de 13 km de valas com tubulação de concreto. A previsão é que estas obras iniciem no próximo ano.

Segundo a assessoria de comunicação, locais como as avenidas São Sebastião, Princesa Isabel, Mario Homem de Melo, Venezuela, Santos Dumont, das Guianas e as ruas Dr. Paulo Coelho Pereira, Francisco Custódio de Andrade, Constelação e Cuiabá serão beneficiadas com o serviço de fechamento de valas.

O projeto também contemplará o atendimento aos moradores dos bairros São Bento, Caranã, Jardim Tropical, Jóquei Clube, Olímpico, Nova Canaã, Cinturão Verde, Paraviana, Caçari, dos Estados e a área do Conjunto Cidadão, no bairro Senador Hélio Campos.

A nota informou que a Secretaria está trabalhando ainda na elaboração do projeto para atender mais dez pontos críticos, incluindo o fechamento de valas com tubulação de concreto. E que a prefeitura adotou o Plano de Contingência de Proteção e Defesa Civil, que contempla ações emergenciais para minimizar os problemas geralmente acarretados pelas chuvas.

(Reportagem: Sueda Marinho)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.